O presidente do Palmeiras que estava licenciado, Luiz Gonzaga Belluzzo, retorna ao comando do clube nesta quinta-feira. Belluzzo deverá deixar o Conselho Gestor comandar o futebol e deve articular os nomes que deverão disputar as eleições de janeiro. Na situação é unânime que Palaia não tem condições, porém o presidente interino deseja ser candidato a qualquer custo. Paulo Nobre, a esperança jovem do Palmeiras – como é chamado – já aceita assumir o desafio de combater Palaia e se fixar como candidato.

A montagem do elenco ainda será responsabilidade da gestão atual. As eleições, marcadas para o dia 15 de janeiro, marca a proximidade do início do Campeonato Paulista. Até lá, a nova equipe de Luiz Felipe Scolari já deve ter feito a pré temporada visando 2011.

Na oposição, Arnaldo Tirone será o candidato, tendo apoio de Mustafá Contursi e Roberto Frizzo. Pela desorganização da situação, os opositores comemoram uma pequena vantagem.

Comentários

comentários