Verdão, com equipe repleta de reservas, é derrotado em Araraquara por 2 a 0 e continua fazendo testes no Brasileiro.

O Palmeiras perdeu neste domingo para o Atlético-MG, por 2 a 0, pelo Brasileiro. O jogo em si não envolvia mais nenhuma emoção por parte do Palmeiras, já que o técnico Luiz Felipe Scolari levou à campo uma equipe recheada de reservas, visando somente o segundo jogo das semifinais da Copa Sulamericana, contra o Goiás, na próxima quarta.

O jogo

O Palmeiras começou bem melhor que os mineiros. Não foi à toa que logo aos quatro minutos Fabrício bateu falta na trave. O Verdão, mesmo com sérias limitações técnicas, tentava envolver os mineiros nas jogadas. Aos 23, o Atlético perdeu Diego Tardelli, contundido. Sem seu principal ícone na frente, o Atlético começou a sofrer para penetrar a zaga palmeirense.

O Atlético, então, começou a contar com as bolas paradas. E foi assim que aos 30 minutos o meia Diego Souza abriu o placar para o visitante. Falta cobrada, desvio na barreira e gol mineiro. 1 a 0. Diego preferiu não comemorar.

Aos 35, o zagueiro Gualberto fez falta feia em Neto Berola e acabou indo para o chuveiro mais cedo. Felipão não gostou da atitude do zagueiro e o time acabou ficando com 10 jogadores.

Para a segunda etapa, nenhuma substituição. Fraco na armação e com um jogador à menos, o Palmeiras não conseguia desenvolver bom futebol. Aos 9 minutos, Obina perdeu boa chance de ampliar o placar.

Aos 32 minutos, Obina chutou forte e Bruno espalmou. A bola sobrou para Neto Berola, que aproveitou a chance e ampliou o placar. 2 a 0 Atlético. Com a vitória sacramentada, o Atlético Mineiro se afastou da zona de rebaixamento que o perseguiu por quase o campeonato inteiro. Já o Palmeiras segue fazendo testes na equipe, enquanto vira suas atenções para a Copa Sulamericana. O próximo confronto Alviverde poderá decidir o Campeonato: recebe o líder Fluminense, na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 0 x 2 ATLÉTICO-MG

Local: Arena Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)
Data: 21 de novembro de 2010, domingo
Horário: 17 horas (Brasília)
Árbitro: Márcio Chagas da Silva (RS)
Assistentes: Roberto Braatz (Fifa-PR) e José Antônio Chaves Franco Filho (RS)
Cartões amarelos: Fabrício e Vitor (Palmeiras); Lima, Zé Luis e Neto Berola (Atlético-MG)
Cartões vermelhos: Gualberto (Palmeiras)
Gols:
ATLÉTICO-MG: Diego Souza, aos 30 minutos do primeiro tempo; Neto Berola, aos 33 minutos do segundo tempo.

PALMEIRAS: Bruno; Gualberto, Leandro Amaro e Fabrício, Vitor, Pierre, Fernando (Jean), Patrik e Rivaldo (Luís Felipe); Ewerthon (Vinícius) e Dinei
Técnico: Luiz Felipe Scolari.

ATLÉTICO-MG: Renan Ribeiro; Rafael Cruz, Lima, Werley e Leandro; Zé Luís, Serginho, Diego Souza (Ricardinho) e Renan Oliveira; Diego Tardelli (Neto Berola) e Obina (Daniel Carvalho)
Técnico: Dorival Junior.

Comentários

comentários