Palmeiras perde para o Fluminense e deixa os cariocas com a mão na Taça, deixando mais real o #Centenada

Protestos durante a semana da torcida palmeirense pressionaram os jogadores e comissão técnica: não poderia existir de forma alguma ajuda ao Corinthians. E essa ajuda não viria caso o Palmeiras perdesse para o Fluminense. E foi o que aconteceu.

Felipão mandou oito titulares à campo. Logo aos 4 minutos, Leandro Euzébio bobeou e Dinei deixou a bola pingar. Disparou um sensacional chute, que pegou curva e estufou as redes cariocas. O gol gerou frustração aos palmeirenses presentes.

Aos 18 minutos, Carlinhos empatou com um chute colocado. À partir daí o que foi visto foram defesas e mais defesas do goleiro Deola. O palmeirense fez pelo menos quatro defesas maravilhosas evitando o gol dos cariocas. Deola começou à ser hostilizado pelos palmeirenses presentes atrás do gol.

No segundo tempo, o Fluminense começou a abusar do direito de perder gols. Mas, aos 12 minutos, Deola soltou bola fácil e Tartá, que tinha entrado no lugar de Deco, mandou de chapa no cantinho, sem chances. 2 a 1 Fluminense.

Com a virada, era visível que os jogadores palmeirenses não quiseram empatar. A troca de passes de ambos os lados só queimava o tempo restante de jogo.

Agora, o Fluminense precisa apenas vencer o Guarani, no Rio de Janeiro, para os palmeirenses comemorarem o #centenada.
Ficha técnica

Local: Arena Barueri, em Barueri (SP)
Data: 28 de novembro de 2010, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Marrubson Melo de Freitas e Cesar Augusto de Oliveira Vaz
Cartões amarelos: Pierre (Palmeiras). Tartá (Fluminense)
Público: 11.291 pagantes
Renda: R$ 393.596,00
GOLS: PALMEIRAS: Dinei, aos 3 minutos do primeiro tempo
FLUMINENSE: Carlinhos, aos 18 minutos do primeiro tempo. Tartá, aos 12 minutos do segundo tempo

PALMEIRAS: Deola; Márcio Araújo, Maurício Ramos, Leandro Amaro e Gabriel Silva; Pierre, Marcos Assunção (Fernando), Tinga e Luan (Lenny); Kleber e Dinei (Vinícius)
Técnico: Luiz Felipe Scolari

FLUMINENSE: Ricardo Berna; Mariano, Gum, Leandro Euzébio e Carlinhos; Valencia, Diguinho, Deco (Tartá) e Conca; Emerson (Rodriguinho) e Fred
Técnico: Muricy Ramalho

Comentários

comentários