Verdão vai ao Serra Dourada enfrentar o Goiás, virtual rebaixado, para chegar à final da Copa Sulamericana e salvar mais um ano perdido

Nesta quarta-feira, o Palmeiras vai ao Serra Dourada enfrentar dois adversários: o primeiro deles, o Goiás. O segundo, a maldição do estádio Serra Dourada. A última vitória palmeirense no principal estádio de Goiás foi em 2006. De lá para cá, foram cinco derrotas e somente um empate. Somando-se aos números negativos, o Palmeiras também acumula a eliminação da Copa do Brasil 2010 para o Atlético-GO, nos pênaltis.

O técnico Luiz Felipe Scolari não quer nem pensar em voltar de Goiânia sem gols. O discurso para os atletas é que pelo menos um ou dois gols sejam marcados na casa do adversário. Com isso, a equipe passa à ter tranquilidade no jogo de volta, na outra quarta-feira, no Pacaembú.

Felipão não poderá contar com três atletas: Marcos, que já está recuperado mas totalmente sem ritmo de jogo. Valdívia, que sofre de fibrose na coxa esquerda e Rivaldo, que se machucou recentemente no treino.

Depois de perder de 3 a 0 no Brasileiro diante do Atlético-GO com uma equipe recheada de reservas, o Palmeiras trará de novo à campo sua equipe titular. Marcos Assunção será um dos fatores positivos com suas bolas paradas. Kleber, descansado, volta ao ataque do time muito provavelmente ao lado de Luan, que deixou sua marca na vitória diante do Atlético-MG por 2 a 0, pelas quartas-de-final da Sulamericana.

Já o Goiás está virtualmente rebaixado. A equipe goiana dificilmente conseguirá escapar da Série B em 2011. Por isso, tanto jogadores quanto diretoria voltaram seus pensamentos para o torneio continental, que dá vaga à Copa Libertadores além de um bom prêmio em dinheiro. O técnico Arthur Neto provavelmente escalará Rafael Tolói no lugar de Valmir Lucas. No ataque, Felipe deve roubar a vaga de Jones, ao lado do perigoso Rafael Moura, artilheiro da Copa Sulamericana.

FICHA TÉCNICA
GOIÁS x PALMEIRAS

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 17 de novembro de 2010, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Evandro Rogério Roman (BRA)
Assistentes: Roberto Braatz e Márcio Santiago (ambos BRA)

GOIÁS: Harlei; Rafael Tolói, Ernando e Marcão; Douglas, Amaral, Carlos Alberto, Marcelo Costa e Wellington Saci; Felipe (Jones) e Rafael Moura.
Técnico: Arthur Neto

PALMEIRAS: Deola; Márcio Araújo, Maurício Ramos, Danilo e Gabriel Silva; Edinho, Marcos Assunção, Tinga e Lincoln; Kleber e Luan.
Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Comentários

comentários