Jogo sem validade alguma, Cruzeiro vence o jogo mas Palmeiras jogou melhor, com uma equipe recheada de reservas. Os reservas do Palmeiras foram derrotados pelo Cruzeiro, mas o resultado não apontou como foi o jogo.

 O Palmeiras não teve uma atuação exuberante, mas jogou melhor que o vice campeão Nacional. Pressionado para conseguir um resultado positivo, o Cruzeiro – ainda tinha chances de títulos – começou o jogo atacando o Palmeiras. Bruno fez, pelo menos, quatro excelentes defesas. A os mineiros ainda alçavam bolas aéreas, e a defesa do Palmeiras sempre bem postada, com destaque exclusivo para Leandro Amaro, provando todas as chances de ser titular na próxima temporada. No final do primeiro tempo, Dinei saiu sozinho e finalizou.

A bola passou próxima do travessão e saiu. No começo do segundo tempo, era perceptível que os mineiros receberam instrução para atacar loucamente o Palmeiras. O técnico Cuca provavelmente pediu para o time avançar. Aí então o Palmeiras começou a sofrer uma pressão muito forte, mas Bruno e a zaga alviverde sempre se mantiveram soberanos. Vitor recuperou uma bola e foi cortando pela direita.

Depois de passar por três adversários, o lateral cruzou na área. Rivaldo apareceu para disputar com Renan e mandou a bola para as redes, de cabeça. O Cruzeiro arriscou e colocou Farias no lugar de Roger, fazendo algumas modificações e deixando a equipe bem ofensiva, mais precisamente com três atacantes. Com o poderio ofensivo e deixando de cruzar bolas, trabalhando-as mais, o Cruzeiro empatou após chute cruzado de Henrique, sem chances para Bruno.

No final, Wallyson ainda arriscou um chute, que bateu na trave, em Bruno, e entrou. Com a vitória até então provisória do Fluminense, o Cruzeiro seria o vice campeão. Ou em caso de empate do Guarani e do Corinthians, os mineiros até poderiam ser campeão. Mas o jogo terminou dessa forma e o Palmeiras foi derrotado, colocando o Corinthians – que já estava sem nada – sem mais nada ainda. Os alvinegros terão que disputar a primeira fase da Libertadores, muito provavelmente contra o Tolima-COL, que teve excelente participação na Sulamericana. O #centenada começará mais cedo em 2011.

Local: Arena do Jacaré, em Sete Lagoas
Data: 5 de dezembro de 2010, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: João Antônio Souza Paulo Neto (DF) e Kleber Lúcio Gil (SC)
Cartões amarelos: Diego Renan (Cruzeiro); Patrik e Leandro Amaro (Palmeiras);
GOLS:
CRUZEIRO: Henrique, aos 17 minutos do segundo tempo; Wallysson, aos 47 minutos do segundo tempo
PALMEIRAS: Rivaldo, aos nove minutos do segundo tempo.

CRUZEIRO: Fábio; Rômulo (Gilberto), Gil, Leo e Diego Renan; Henrique, Marquinhos Paraná, Roger (Farías) e Montillo; Thiago Ribeiro e Wellington Paulista (Wallysson)
Técnico: Cuca

PALMEIRAS: Bruno; Gualberto, Leandro Amaro e Fabrício; Vitor, Fernando (Jean), Bruno Turco (Luís Felipe), Patrik e Rivaldo; Vinícius (Lenny) e Dinei
Técnico: Luiz Felipe Scolari

Comentários

comentários