Palmeiras joga mal e só empata contra o Botafogo na estreia do Paulistão 2011. A pequena torcida presente no Pacaembú vaiou a equipe.

O ano começou muito ruim, mas muito ruim mesmo. Aliado a incompetência da diretoria em adquirir reforços importantes, o Palmeiras aderiu ao mesmo erro de sempre: deixar de se reforçar, fazer uma pré temporada muito fraca e ainda por cima com sérios problemas financeiros que, querendo ou não, influencia em campo.

O jogo começou e era notório a nova posição de Luan, fixamente ao lado de Kleber como atacante. O time também entrou com três volantes: Marcio Araújo, Marcos Assunção e Tinga. O primeiro susto foi em um lance onde Deola deixou para Danilo, Danilo deixou para Deola e ninguém deixou com ninguém: o atacante interiorano tocou na bola e encobriu Deola. Sorte que a bola foi para fora.

A marcação do Botafogo não permitia que Tinga e Assunção criassem. Com isso, Lincoln, Kleber e Luan ficaram sem ação e não participaram muito do jogo.

No segundo tempo, o Palmeiras veio com a proposta de liberar Tinga para criar. A bola, então encostava mais em Lincoln, mas sempre faltava o passe certeiro para os atacantes. Tanto que durante todo o segundo tempo, Kleber levou perigo ao goleiro botafoguense apenas uma única vez.

O Botafogo, muito fraco tecnicamente, começou a recuar e marcação e segurar mais bola. Com isso, o Palmeiras enterrou todas as chances de tentar os três pontos. Foi ai que a torcida perdeu a paciência: Felipão sacou Lincoln e Kleber para as entradas de Patrick e Dinei. A substituição ganhou severas vaias, já que Marcio Araújo e Rivaldo estavam muito mal na partida.

Na entrevista coletiva, o atacante Kleber se mostrou preocupado com a situação. “A gente precisa melhorar urgentemente, senão fica complicado jogar no Palmeiras. A vaia não é pelo jogo contra o Botafogo. Ela já vem de um bom tempo,” disse Kleber.

“O torcedor não aguenta mais do mesmo, tem de começar a cair a ficha, senão vamos ter problema nesse ano”, confirmou.

A próxima partida do Palmeiras será contra o Ituano, quinta-feira, em Itu. Para o confronto o técnico Luiz Felipe Scolari deve ter a disposição os reforços contratados: o zagueiro Thiago Heleno, o lateral Cicinho, o volante João Vitor e o atacante Adriano Michael Jackson.

Ficha técnica

Palmeiras 0 x 0 Botafogo-SP

Palmeiras: Deola; Vítor, Maurício Ramos, Danilo e Rivaldo (Vinícius); Marcos Assunção, Márcio Araújo, Tinga e Lincoln (Patrick); Luan e Kléber (Dinei). Técnico: Luiz Felipe Scolari

Botafogo-SP: Júlio César; Dida, Augusto, Dirceu e Andrezinho; Rodrigo Soares, Leandro Carvalho (Chicão), Assis (João Vitor) e Ramon; Assisinho e Gilmar (Paulinho). Técnico: Roberto Fonseca

Cartões amarelos
Palmeiras: Luan e Kleber
Botafogo-SP: Rodrigo Soares

Árbitro
Márcio Roberto Soares (SP)

Público
7.433 pagantes

Local
Pacaembu, São Paulo (SP)

Comentários

comentários