Após onze anos sem realizar jogos na Europa, o Palmeiras acertou a participação em dois amistosos internacionais, ambos na Espanha e em datas FIFA.

Fonte: Site Oficial do Palmeiras

As partidas acontecem contra o Betis ou Mallorca, no dia 29 de março (a definição do adversário ocorre até a próxima quarta-feira, dia 13), e contra o Espanyol, em Barcelona, no dia 31 de março. A delegação do Palmeiras deve embarcar à Europa no dia 26 e retornar ao Brasil no dia 1º de abril.

“Nossa intenção é resgatar a imagem que o Palmeiras tem na Europa. Visitamos quatro clubes aqui na Espanha, entre eles o Real Madrid e o Barcelona. Os espanhóis têm grande admiração pelo Palmeiras e lembram muito bem dos grandes times que viram jogar, em especial os que conquistaram os três títulos do torneio Ramón de Carranza. Precisamos fazer o Verdão ter novamente essa imagem vencedora no exterior”, disse Wlademir Pescarmona, diretor de futebol.

Além de Pescarmona, representaram o Palmeiras na viagem à Espanha dois outros membros do Conselho Gestor e assessores especiais da presidência, Francisco Busico e Antonio Carlos Corcione.

A última vez que o Palmeiras disputou amistoso na Europa foi em 1999, contra a seleção do Vale D´Aosta, da Itália.

Ramón de Carranza

O Palmeiras enfrentou o Espanyol duas vezes em sua história. A primeira, em amistoso em julho de 1956, venceu por 2 a 1. A segunda partida foi a decisão do tradicional troféu Ramón de Carranza, em 1974.

Esta partida aconteceu pouco mais de um mês após o Brasil ser eliminado na Copa do Mundo 74, na Alemanha –o Palmeiras, que já era hexacampeão brasileiro, cedeu seis jogadores ao selecionado brasileiro, mas o entrosamento e a técnica dos palmeirenses foi pouco aproveitado pelo técnico Zagallo.

Participaram do torneio, além do Palmeiras e Espanyol, as equipes do Santos e o Barcelona (de Rinus Mitchell e Johan Cruyff).

O Palmeiras eliminou o Barcelona, por 2 a 0, mesmo placar no qual o Espanyol venceu o Santos.

Na partida final, o Verdão ficou com o troféu após vitória por 2 a 1, com gols de Leivinha e Luís Pereira (Palmeiras) e José Maria (Espanyol).

O Palmeiras entrou em campo com a seguinte formação:

Leão, Eurico, Luís Pereira, Alfredo, Zeca, Édson, Ademir da Guia, Ronaldo (Fedato), Leivinha, César, Toninho Vanusa (Edu) – Técnico: Oswaldo Brandão.

Confira abaixo a ficha técnica do jogo entre Palmeiras e Espanyol, que aconteceu em 1956, no Pacaembu, com vitória do Verdão por 2 a 1.

[lomadeewpro category=’3694′ keywords=”]

Comentários

comentários