Mesmo com vários problemas de criação, Verdão enfia 2 a 0 no Prudente e está bem próximo de se classificar em primeiro no Paulistão.

Sem Valdívia e Kléber, o Palmeiras iniciou a partida tendo Lincoln como principal armador. Sem Patrick, machucado, o time de Felipão ficou meio amarrado. Juntando tudo isso, o adversário todo retraído impossibilitando qualquer tipo de ação do Verdão.

O Palmeiras trocava passes mas não chegava com objetividade. Luan, um guerreiro, correu bastante para tentar abrir espaços. Adriano MJ aplicou bastante correria, mas nas duas vezes que teve chance de finalizar, foi pífio.

Sem ter muito o que fazer, o ataque palmeirense aguardava alguma bola de Lincoln funcionar. Perto do fim do primeiro tempo, Assunção mandou escanteio na cabeça de Thiago Heleno. Heleno, por sua vez, cabeceou bonito tirando do goleiro e abriu o placar. 1 a 0 Palmeiras.

Todos imaginavam que na segunda etapa Felipão já entraria com Valdívia. Mas o Palmeiras veio sem mudanças. O Prudente, precisando muito da vitória para afastar o fantasma do rebaixamento, começou a partir para cima do Palmeiras e acabou deixando alguns espaços. Felipão resolveu tirar logo Lincoln, meio apagado, para colocar Valdívia. Sem qualquer sombra de dúvida, Valdívia entrou e deu o tom da partida. Com o meio do Prudente bem falho, o chileno deitou e rolou. E curiosamente, foi dos pés de Valdívia a jogada do segundo gol: falta pela direita cobrada pelo meia. Sozinho, o zagueiro Douglas Silva se enrolou e mandou a bola contra o próprio patrimônio: 2 a 0 Palestra.

Logo depois do segundo gol, Valdívia recebeu passe na área e se antecipou o goleiro. Caprichosamente, a bola esbarrou na trave e saiu. O Prudente teve apenas duas chances de gol na partida, ambas bloqueadas pela melhor zaga do Brasil na atualidade.

Com a vitória, o Palmeiras alcançou 41 pontos e pode consolidar sua classificação na liderança caso o São Paulo empate com o Oeste. Já o Prudente é o mais novo rebaixado para a Série A2 do Paulistão.

Quarta-feira é dia de oitavas de final da Copa do Brasil. Santo André e Palmeiras se enfrentam no ABC Paulista. Wellington Paulista, novo reforço, deverá fazer sua estreia com a camisa líder do futebol paulista.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 2 X 0 GRÊMIO-SP

Local: Estádio do Canindé, em São Paulo (SP)
Data: 9 de abril de 2001, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Renda: R$ 371.563,00
Público: 13.557 pagantes
Árbitro: Flávio Rodrigues Guerra (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Alberto Poletto Masseira (ambos de SP)
Assistentes adicionais: Rodrigo Braghetto e Flamarion David Volpe (ambos de SP)
Cartões amarelos: Thiago Heleno, Gabriel Silva e Marcos Assunção (Palmeiras); Daniel e Wanderson Cafu (Grêmio-SP)

GOLS:
PALMEIRAS: Thiago Heleno, aos 30 minutos do primeiro tempo; Douglas (contra), aos 30 minutos do segundo tempo

PALMEIRAS: Deola; João Vitor, Danilo, Thiago Heleno e Gabriel Silva; Márcio Araújo, Marcos Assunção (Chico), Tinga e Lincoln (Valdivia); Adriano Michael Jackson e Luan (Max Santos)
Técnico: Luiz Felipe Scolari

GRÊMIO-SP: Márcio; Wanderson Cafu, Ednei, Douglas e Raí; Anderson Pedra (Léo), Daniel, Saldanha e Erivelton (Alex Maranhão); Juan (Rhayner) e Eraldo
Técnico: Márcio Goiano

Comentários

comentários