Apesar de todas as pressões para a construção do estádio do Corinthians, em Itaquera, a Arena Palestra Itália voltou à ser cogitada como a representante de São Paulo na Copa do Mundo de 2014.

Apontado como sede principal na cidade, o “Itaquerão” está mais uma vez atrasado. O Corinthians e a Odebrecht já assumiram que não tem todos os recursos financeiros para bancar a obra. Com isso, a opção foi pedir recursos para o Governo do Estado. Prontamente receberam um “não” como resposta. Segundo o Governo, nada será investido para uma obra privada, somente no entorno do possível estádio. A Folha de S.Paulo confirmou a informação.

Com a informação, a Arena Palestra Itália voltou à tona para ser sede em SP. A abertura da Copa, no entanto, seria no Maracanã. São Paulo sediaria somente alguns jogos das quartas-de-final, com exigência de 45 mil pessoas, enquadrando a nova arena palestrina. Diretores do Palmeiras e da WTorre já se movimentam nos bastidores para confirmar a participação do estádio na Copa e desbancar o futuro estádio corintiano.

Recentemente, Palmeiras e WTorre tiveram alguns entraves para assinar de vez o contrato. As obras da construção da Arena ficaram paradas por dois dias. Mas, após a assinatura, funcionários da WTorre voltaram com tudo para erguer o melhor estádio da América Latina.

Comentários

comentários