Finalmente, finalmente. O presidente Arnaldo Tirone procurou alguns amigos que trabalham no setor financeiro para tirar algumas dúvidas em relação ao seguro que a WTorre ofereceu para cobrir a Arena Palestra.

Segundo a assessoria recebida, a cobertura de 48% do projeto é muito maior do que o padrão adotado pelo mercado. Segundo os especialistas, um seguro nestas proporções pode ser considerado um excelente negócio quando fechado à 12%. Ou seja, a WTorre está oferecendo bem mais do que o mercado aceita.

Nesta segunda-feira, Tirone terá que ter pulso firme para aprovar a Arena. Haverá uma reunião do COF, onde muitos conselheiros vingativos, aliados ao ex-Mustafá, darão conselhos para Tirone para a obra. Uma mera burrice, com certeza. Afinal, 40% do clube já está no chão, destruído, abrindo alas para uma nova era.

Um dos fatores que podem levar Tirone para assinar, com certeza, é a isenção do Palmeiras nos custos com o clube. Durante 30 anos, a WTorre será a responsável pelo clube, por cobrir os custos gerais para mantê-lo funcionando. Sem dúvida alguma, esse alívio financeiro ajudaria e muito o Palmeiras para investir mais no futebol.

Segundo informações, Tirone já está decidido pela assinatura. Aliás já até comunicou Walter Torre da decisão, pedindo para que as obras não parem no Palestra.

Torre publicou nova foto da fachada, no seu Twitter:

Comentários

comentários

Compartilhar
Artigo anteriorE agora, Palmeiras?
Próximo artigoE o preço os ingressos?
Editor do site Palmeiras Online. É Administrador de Empresas, trabalha com internet e está na equipe do POL desde 1996. É sócio do clube e já foi diretor da Sociedade Esportiva Palmeiras.