A atitude desse torcedor reflete a revolta dos palmeirenses depois dos erros absurdos do árbitro Paulo César de Oliveira contra o Palmeiras, na semifinal do Campeonato Paulista 2011. Na ocasião, o Palmeiras acabou sendo eliminado nos pênaltis após atuação lamentável do juiz.

O maior problema é que Paulo César não errou somente nesse jogo. Errou em vários jogos, em várias ocasiões, sempre claramente tendencioso. O advogado e torcedor Laércio Benko Lopes, da “Benko Lopes Advocacia”, entrou na justiça pedindo a quebra de sigilo bancário do árbitro após desastrosa atuação.

No documento, Lopes cita todos os erros do juiz contra o Palmeiras, reforçando ainda mais o pedido.

Veja no site do “Terceiro Tempo”, na íntegra, os documentos. Clique aqui.

Comentários

comentários