O atacante Maikon Leite é oficialmente reforço do Palmeiras. Acertado desde dezembro, o jogador cumpriu seu contrato com o Santos, sagrou-se Campeão Paulista e da América pelo time praiano, e vestiu pela primeira vez a camisa do Palmeiras nesta sexta-feira.

A apresentação contou com a presença do presidente Arnaldo Tirone e do vice de futebol, Roberto Frizzo, que entregou a camisa e um DVD com a história do Palmeiras para o atleta conhecer um pouco das glórias do Verdão.

“Sou pé-quente, venho de um título e quero ganhar mais. Quero ganhar Sul-Americana, Brasileiro, e chegar à Libertadores no ano que vem. Quero o bi da América,” disse Maikon, em suas primeiras palavras.

Sobre o término do contrato com o Santos e a negociação com o Palmeiras, Leite confirmou que sempre manteve a transparência nos dois clubes. “Desde que assinei, fui profissional com o Santos, saí pela porta da frente e estou entrando aqui também pela porta da frente. Falaram que o Palmeiras não tem elenco, mas acho uma falta de respeito. Tem o Felipão, Kleber, e será um prazer trabalhar com eles,” disse.

O atacante assinou com o Palmeiras até a metade de 2016. As multas são altas em caso de rescisão: R$ 136 milhões para times de fora e R$ 63 milhões para equipes nacionais. Por conta do feriado (que ocorreu ontem), o Palmeiras não conseguiu registrar o atleta na CBF. Portanto, Maikon não fará sua estreia nesse domingo, diante do Ceará.

A estreia do atacante acontecerá diante do Atlético-GO, na próxima quinta-feira, no Canindé.

Comentários

comentários