Depois de uma fraca exibição, Palmeiras perde pela primeira vez no Campeonato Brasileiro e sofre sua quarta derrota no ano.

Luan era desfalque certo. O técnico Luiz Felipe Scolari optou por Chico para reforçar a defesa, e entrou com Kléber e Wellington Paulista no ataque. Logo no início do jogo, o time dava mostras de que dominaria a partida e que teria vida fácil sob o forte calor. Rivaldo cruzou na cabeça de WP9, que mandou para o gol. Fernando Henrique fez excelente defesa.

Mas, aos 7 minutos, após escanteio, Washington cabeceou no ângulo, sem chances para Marcos. Detalhe: o atacante cearense cabeceou entre dois jogadores palmeirenses (Márcio Araújo e Leandro Amaro).

No lance seguinte, Marcos cometeu falha grande e após boa troca de passes, Vicente chutou e o goleiro palestrino fez boa defesa. Definitivamente, o Palmeiras não conseguia criar. Lincoln totalmente travado no meio, enquanto o Ceará vinha descendo sempre em bloco, com os laterais apoiando bastante, deixando a marcação do Palmeiras plenamente dispersa.

No final do primeiro tempo, outro golpe de misericórdia: bola na área e Vicente desviou para trás. Thiago Humberto, sozinho, mandou ver no canto de Marcos, que nada pôde fazer: 2 a 0 Ceará.

No intervalo, Felipão tirou Lincoln e mandou Adriano. A intenção era que o atacante palmeirense explorasse as laterais do Ceará, abrindo espaços. Logo no começo, Cicinho sentiu dores nos pés e deu lugar para Patrick. Márcio Araújo foi fazer função de lateral, enquanto Patrick tentava cumprir o papel de meia. Sem sucesso. O time de Felipão errava muitos passes e não conseguia produzir o necessário. Era inimaginável um gol palmeirense, que não ameaçava.

Vendo a necessidade de velocidade no ataque, o técnico palmeirense, então, sacou WP9 e colocou Vinícius. Era a última tentativa, a última injeção de ânimo. Mas não deu certo. Pelo contrário, o Ceará ainda conseguiu mandar três bolas na trave, assustando bastante a equipe. Se não fosse as chances perdidas pelos cearenses, o Palmeiras traria para São Paulo um resultado bem vexatório. 2 a 0 ficou barato!

Com a derrota do São Paulo frente o Corinthians, o Palmeiras sustenta a terceira posição no campeonato, com 11 pontos, 4 atrás do líder. O próximo compromisso do Palmeiras será diante do Atlético-GO, no Canindé, na próxima quinta feira.

FICHA TÉCNICA:
CEARÁ 2X0 PALMEIRAS

Estádio: Presidente Vargas, no Ceará (CE).
Data/hora: 26/6/2011, às 16h
Árbitro: Heber Roberto Lopes (PR).
Auxiliares: Gilson Bento Coutinho (PR) e José Amilton Pontarolo (PR).

Renda/público: Não disponíveis
Cartões amarelos: João Marcos (CEA); Wellington Paulista, Thiago Heleno (PAL)
Cartões vermelhos:
GOLS: Washington, 7’/1ºT (1-0); Thiago Humberto, 45’/1ºT (2-0)

CEARÁ: Fernando Henrique, Boiadeiro (Diego Macedo 33’/2ºT), Fabricio, Diego Sacoman e Vicente; Michel, João Marcos, Heleno e Thiago Humberto (Iarley 27’/2ºT); Osvaldo e Washington (Geraldo 42’/2ºT). Técnico: Vagner Mancini.

PALMEIRAS: Marcos, Cicinho (Patrik 32’/1ºT), Leandro Amaro, Thiago Heleno e Rivaldo; Chico, Márcio Araújo, Marcos Assunção e Lincoln (Adriano Michael Jackson, intervalo); Wellington Paulista (Vinicius 14’/2ºT) e Kleber. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Comentários

comentários