Palmeiras vence a segunda no Campeonato Brasileiro e dorme na liderança. Gol de Chico deu três pontos ao Verdão!

O Palmeiras demonstrou que a falta de criação é a inimiga número um do time no Campeonato. O Atlético veio disposto, complicando um pouco as ações no começo da partida. Porém, os paranaenses tiveram sérios problemas na conclusão e não deram nenhum susto em Marcos.

Gabriel Silva teve a chance de abrir o placar. Na cara do gol, driblou o goleiro, se perdeu e chutou por cima. Melhor no jogo, o Palmeiras contava muito com as ações de Kléber e Patrick que, quando tabelavam, levavam perigo ao adversário.

O Atlético teve uma única chance com Adaílton, que passou por Cicinho e disparou na cara do gol. Mas a finalização deixou à desejar.

Na segunda etapa, o Palmeiras veio sem alterações. O Atlético colocou Madson no lugar de Adaílton, tentando dar mais velocidade ao ataque. Luan protagonizou dois lances lamentáveis e começou a irritar a torcida. Sozinho, o atacante palmeirense em vez de mandar a bomba, deu só um toque na bola. O lance já estava irregular, mas mesmo assim arrancou severas vaias dos palmeirenses, que queriam logo um gol para ficarem tranquilos. Afinal, a partida estava aberta. Bastava um lance de velocidade que os paranaenses poderiam complicar muito o jogo.

Aos 12 minutos, Rômulo se enroscou com Kléber e acabou expulso, levando o segundo cartão. Felipão então tirou Cicinho e colocou Chico. Logo depois, tirou Adriano e colocou Wellington Paulista e Lincoln no lugar de Patrick. O time melhorou sensivelmente e conseguiu criar um pouco mais de chances.

Aos 30 minutos, Assunção mandou para área após cobrança de escanteio e Chico subiu mais alto que todo mundo, resvalando na bola. Ela foi para no canto esquerdo do goleiro, sem chances. 1 a 0 Palmeiras.

Com desvantagem no placar, o Atlético se lançou ao ataque, mas sem sucesso. A marcação do Palmeiras estava funcionando muito bem, anulando os espaços. Aos 45, Danilo teve chance de ampliar de cabeça, mas não teve sorte. Fim de jogo no Canindé e mais uma vitória palmeirense na competição.

O próximo confronto será diante do Internacional, no Beira Rio, domingo, 16h.

PALMEIRAS 1 x 0 ATLÉTICO-PR
Local: estádio do Canindé, em São Paulo (SP)
Data: 4 de junho de 2011, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Renda: R$ 274.532,00
Público: 10.372 pessoas
Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez (RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moises (Fifa-RJ) e Ediney Guerreiro Mascarenhas (RJ)
Cartões amarelos: Kleber e Chico (Palmeiras); Deivid (Atlético-PR)
Cartões vermelhos: Rômulo (Atlético-PR)
Gols:
Palmeiras: Chico, aos 31 minutos do segundo tempo

PALMEIRAS: Marcos; Cicinho (Chico), Thiago Heleno, Danilo e Gabriel Silva; Marcos Assunção, Márcio Araújo, Patrik (Lincoln) e Luan; Adriano (Wellington Paulista) e Kleber
Técnico: Luiz Felipe Scolari.

ATLÉTICO-PR: Márcio; Rômulo, Manoel, Rafael Santos e Paulinho; Deivid, Marcelo Oliveira (Robston), Branquinho e Paulo Baier (Kleberson); Nieto e Adaílton (Madson)
Técnico: Adilson Batista.

Comentários

comentários