O vereador Antônio Carlos Rodrigues (PR), se absteve na votação que concederia benefícios em torno de R$ 420 milhões para construção do Itaquerão, estádio do Corinthians, que poderá servir para abertura da Copa do Mundo de 2014.

Segundo o vereador, declarado palmeirense e presidente de honra da Escola de Samba Mancha Verde, existem sérios questionamentos jurídicos que podem impedir a construção, mesmo com a viabilização financeira do Estado. “Há questionamentos jurídicos sérios. Advogados dizem que renúncia fiscal é uso de dinheiro público e contraria a Constituição Federal por ser uma renúncia concedida a uma determinada empresa,” disse o vereador, que tem mais de 10 anos de casa.

E, por fim, o vereador falou uma frase que todo cidadão brasileiro, de bem, deveria falar e ao menos concordar. “Discordo do uso de recurso público para a construção de estádio.”

Visite o blog de AC Rodrigues para maiores esclarecimentos: http://www.antoniocarlosrodrigues.blog.br/

Comentários

comentários