Em partida muito fraca tecnicamente, Palmeiras perde dois pontos em casa e se afasta dos líderes.

Um jogo muito fraco tecnicamente. Nem Valdívia, nem Kleber, nem Maikon Leite conseguiram atuar de forma competente, gerando assim um enorme buraco no setor de criação e finalização. Resultado: empate em casa e dois pontos importantíssimos à menos na conta.

O jogo

Sem contar com Luan e Thiago Heleno, suspensos, o técnico Luiz Felipe Scolari promoveu Patrick e Henrique, respectivamente. Definitivamente, Patrick não está em uma boa fase e não conseguiu cumprir a disposição tática pedida por Felipão. Valdívia, muito disperso, não criou uma jogada de perigo sequer. Kleber, distante, se mostrou voluntarioso, mas nada que definisse à partida. O único lance interessante foi um chute de fora da área de Maikon Leite. Ainda assim, faltou uns 60 centímetros para bola entrar.

Sem criação, Márcio Araújo resolveu assumir o papel. Com isso, a zaga acabou ficando vendida, mas Henrique fez uma partida tecnica e taticamente perfeita. Sempre bem posicionado, o zagueiro mostrou que tinha totais condições de ser zagueiro titular do Barcelona, sem sombra de dúvidas.

Na segunda etapa, Felipão conversou com os atletas sobre a disposição tática. Assunção tinha levado amarelo logo no começo da partida. Com isso, o volante não poderia nem encostar em nenhum jogador gaúcho. Assunção era uma das opções para finalizar e fazer um gol, mesmo que de bola parada.

Valdívia melhorou sua atuação. Em lance no meio de dois zagueiros, todos esperavam um passe. Mas o Mago mandou no meio dos atletas gremistas e o goleiro Victor teve que se esforçar muito para evitar o gol. Mesmo sem força, a bola levou perigo.

Em lance na sequência, Patrick tentou um voleio, sem muito perigo. Felipão então sacou Maikon Leite e colocou Dinei, vendo uma possível mudança na partida. E em duas oportunidades, quase o atacante palmeirense marcou. A zaga gremista foi inteligente e conseguiu se antecipar.

Leandro, do Grêmio, teve clara chance de marcar: saiu em disparada na frente de Marcos e tocou por cima. O Santo correu e se esforçou para evitar a partida. Porém o atacante estava impedido, e o juiz mandou seguir. Falha grave no Canindé!

Felipão ainda tentou colocar o jovem Vinícius no lugar de Patrick. Mas não teve o resultado esperado, e o Palmeiras acabou ficando no empate com os gaúchos, diante de sua torcida.

O Palmeiras chegou aos 27 pontos em 15 partidas. O Flamengo, que venceu o Coritiba, chegou aos 33 pontos (diferença de seis).

A próxima partida será diante do Vasco, pela Copa Sulamericana, na quinta-feira. Os cariocas perderam clássico para o Botafogo por 4 a 0, pelo Brasileiro, neste domingo.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 0 X 0 GRÊMIO

Local: Estádio do Canindé, em São Paulo (SP)
Data: 6 de agosto de 2011, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Helberth Costa Andrade (ambos de MG)
Cartões amarelos: Marcos Assunção, Gerley, Henrique, Valdivia (Palmeiras). Vilson, Douglas (Grêmio)
Público: 15.762 pagantes
Renda: R$ 422.028,00

PALMEIRAS: Marcos; Cicinho, Henrique, Maurício Ramos e Gerley; Márcio Araújo, Marcos Assunção, Patrik (Vinícius) e Valdivia; Maikon Leite (Dinei) e Kleber
Técnico: Luiz Felipe Scolari

GRÊMIO: Victor; Adilson, Vilson, Rafael Marques e Bruno Collaço; Gilberto Silva, Fábio Rochemback, Douglas (Marquinhos), Lúcio (Escudero) e Leandro (Miralles); André Lima
Técnico: Celso Roth

Comentários

comentários