Após sair atrás no placar, Palmeiras empata com gol de Henrique e soma um ponto na briga pela Libertadores e Título.

O empate em 1 a 1 não pode ser considerado bom resultado pelo Palmeiras. O Verdão não teve excelente exibição, mas jogou bem e mereceu a vitória no Morumbi. Sem Valdívia, Felipão optou por um time mais fechado, colocando Chico como terceiro volante. O técnico Adilson Batista optou por João Filipe no lugar de Lucas, suspenso. Com isso, ambas as equipes tiveram problemas para atacar. As duas defesas estavam se portando muito bem, impedindo qualquer ação do adversário.

Aos 4 minutos, Assunção mandou bola aberta para Luan. Disputando com Piris, o atacante palmeirense despontou e chutou de primeira. Rogério conseguiu boa defesa, evitando o gol palestrino no Morumbi. Com certeza, se o gol tivesse saído, a história do jogo seria bem diferente.

O São Paulo teve duas chances claras de gol, consecutivamente: Rivaldo deu belo toque de letra para Dagoberto, que avançou e chutou forte. A bola passou perto da trave direita de Marcos, que foi na bola. Na segunda oportunidade, Fernandinho recebeu na meia lua e deu um chute muito forte. Marcos, muito bem colocado, esticou a mão e fez uma defesa de cinema no Morumbi, evitando o gol sãopaulino.

Depois das duas chances do São Paulo, o Palmeiras teve clara chance com Luan. Depois de briga dentro da área, Luan tentou um voleio e errou. Ainda caído, ele mandou de novo para o gol. Rogério Ceni, dentro do gol, conseguiu pular, sair da linha e defender a bola, evitando um golaço.

Antes de terminar a primeira etapa, o adversário encontrou o gol. Rivaldo viu Dagoberto passar e tocou. Pingando, ele conseguiu cortar Leandro Amaro. Marcos deu dois passos para tentar defender, e o atacante sãopaulino mandou por cima, abrindo o placar. 1 a 0 São Paulo.

Na segunda etapa, Felipão sacou Márcio Araújo e colocou Maikon Leite. Com essa alteração, Assunção retomou um pouco o meio campo, dando um pouco mais de liberdade para Luan e Patrick.

A grande chance do Palmeiras na segunda etapa começou com Kleber. O atacante saiu em disparada e conseguiu bom cruzamento. Juan não viu Patrick passar e o meia palmeirense testou, mas em cima do Ceni.

Aos 16 minutos, falta pela direita. Assunção mandou com perigo e Henrique, de costas, mandou cabeçada no ângulo, empatando o jogo. Um bonito gol no Morumbi: São Paulo 1 x 1 Palmeiras.

Cleber Abade não distribuiu cartões. Mas acabou dando para Cicinho que estava pendurado, tirando o volante do clássico contra o Corinthians. Aos 40 minutos, Kleber foi derrubado na área, mas Abade não acompanhou o lance e, na dúvida, não deu.

O próximo compromisso será diante do Vasco, na quinta, pela Copa Sulamericana. O Palmeiras precisa vencer a partida por três gols para levar a vaga. No primeiro confronto, o Vasco venceu por 2 a 0.

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 21 de agosto de 2011, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Cleber Welington Abade (SP)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Marcio Luiz Augusto (SP)
Cartões amarelos: Cicinho (Palmeiras)
Público: 16.813 pagantes
Renda: R$ 587.700,00
GOLS: SÃO PAULO: Dagoberto, aos 42 minutos do primeiro tempo
PALMEIRAS: Henrique, aos 16 minutos do segundo tempo

SÃO PAULO: Rogério Ceni; João Filipe, Xandão e Rhodolfo; Piris, Wellington, Carlinhos Paraíba, Rivaldo (Cícero) e Juan; Fernandinho (Marlos) e Dagoberto
Técnico: Adilson Batista

PALMEIRAS: Marcos; Cicinho, Leandro Amaro, Henrique e Rivaldo; Chico, Márcio Araújo (Maikon Leite), Marcos Assunção e Patrik (João Vitor); Kleber e Luan
Técnico: Luiz Felipe Scolari

Comentários

comentários