Diretoria emite nota oficial e gerente de futebol confirma conversa com o grupo para avaliar Felipão.

Depois da detonada que o ex-jogador do Palmeiras, Kleber, deu em Felipão, a diretoria do clube e o gerente de futebol, César Sampaio, logo trataram de se explicar. Sampaio confirmou reunião com o grupo para apurar se realmente “80% dos jogadores” não aturam Felipão, como disse o ex-atacante.

“A primeira coisa que fiz aqui foi uma reunião com a diretoria. Vi o jogo contra o Coritiba e senti que precisava fazer algo, que poderia ser a demissão do Felipão. Se o Palmeiras estava sendo prejudicado por falta de empenho por conta de problemas com ele, era melhor mudar. Falei com o Felipão sobre isso, ele entendeu e que não queria a multa do contrato. Aí tive reunião com o grupo e eles me disseram que não tinham problema algum com a comissão,” disse Sampaio.

O gerente confirmou que existiram alguns problemas de relacionamento. Mas o pensamento precisa ser o Palmeiras, e não o pessoal de cada atleta. “Houve problemas de relacionamento, isso é normal em todo grupo. Quando eu jogava também ficava bravo com técnico por ele não me colocar. Mas se o cara tem algum problema com Felipão, hoje tem de passar por cima disso. Não quer que mude a opinião dele, só quero que ele pense um pouco no grupo e depois veja se dá para continuar ou não. Não queremos ninguém descontente aqui. Mas a posição que o grupo me passou foi outra,” disse.

A diretoria do clube, representada pelo presidente Arnaldo Tirone, emitiu uma nota de repúdio às declarações de Kleber. Leia, na íntegra:

“A Sociedade Esportiva Palmeiras, em nome de seu presidente, diretoria de futebol e comissão técnica vem comunicar a seus torcedores que repudia as declarações do atleta Kleber contra o técnico Luiz Felipe Scolari feitas em vários veículos de comunicação.

O atleta se coloca como líder de um grupo ao qual não exerce poder e não tem permissão para falar em seu nome.

As declarações vieram num momento inoportuno, às vésperas de um jogo importante no Campeonato Brasileiro, no qual a equipe do Palmeiras tem por objetivo a conquista da vaga para a Copa Sul-Americana.

Infelizmente, esta não foi a primeira vez que o atleta se comportou desta maneira, como é do conhecimento de todos.

Todos os jogadores do Palmeiras estão focados na etapa final do Campeonato Brasileiro. Não serão tais declarações que irão afetar a união do grupo e tirá-lo do objetivo das conquistas nas últimas partidas deste campeonato.

A Sociedade Esportiva Palmeiras deixa claro também que não vai punir o atleta Kleber – como foi veiculado à imprensa -, e reitera que repudia tais declarações.”

Presidente Arnaldo Tirone

Comentários

comentários