Zagueiro que veio do Barcelona jogou só uma temporada no Palmeiras, sentiu o clima péssimo, incompetência da diretoria e pediu para sair.

É impressionante como os jogadores vão se enchendo de ficar no Palmeiras. Realmente algo de muito ruim anda acontecendo, e que por uma questão de hierarquia e falta de transparência, nada é divulgado. Dessa vez o zagueiro Henrique deixou bem claro a sua insatisfação e o seu descontentamento com o clube.

Segundo informações de bastidores, Henrique chegou, sentiu a pressão, viu salários atrasados e as eternas brigas de alguns atletas com Felipão. Desmotivado, o zagueiro pediu para sair ainda com o Brasileirão em andamento. Em entrevista para o Lance!, o jogador elogiou o Grêmio e deverá pedir sua liberação do clube alviverde.

“Fico feliz com o interesse do Grêmio. É um clube grande. Fico contente. Tenho que pensar em várias coisas para mim, para minha família. Meu pensamento é esse. Vou conversar com meu empresário para poder decidir alguma coisa,” disse.

“Isso afeta os jogadores. No ano que passou, aconteceu muita coisa. Aconteceram coisas que prejudicaram o time, o grupo. Isso tem que ser pensado, analisado, porque para o jogador é muito ruim,” concluiu.

“Aconteceram coisas que prejudicaram o time?”. Que tipo de coisas que prejudicaram? O que será que ocorreu? Por que a torcida do Palmeiras não pode saber o que de fato aconteceu?

Quando chegou ao Palmeiras, Henrique estava bastante motivado. Inclusive, “forçou” a barra com os dirigentes do Barcelona para defender as cores palestrinas. “A adaptação é normal, está sendo muito tranquila. Depois de um mês e meio de férias, você demora mesmo um pouco para pegar o ritmo. Tive esse desgaste, a semana foi forte, mas estou mais pronto para reestrear, ” disse, dias antes de reestrear pelo Verdão.

Percebem a diferença? Percebem como as situações que ocorrem internamente vão desmotivando e “derrubando” o jogador dentro de campo? O último que sair, por favor, apague a luz.

Comentários

comentários