Ex-corintiano teve passagem por Vasco e Bahia. Indicação de pastor do Bola de Neve “ajudou” a competente diretoria na busca pelo meia.

A contratação de reforços no Palmeiras funciona mais ou menos assim: um diretor chega para o outro e diz:

– Cara, o pastor da minha igreja disse que o Carlos Alberto é bom.

O diretor de futebol, despreparado, diz:

– Sério? Será que ele é baratinho!?

O outro diretor confirma:

– Claro! Vamos chamar ele aqui para conversar? Teve excelentes atuações no Bahia.

Infelizmente é isso que o palmeirense tem que ler nos noticiários. De qualquer maneira, o meia Carlos Alberto fez exames na Academia de Futebol, em um hospital e foi aprovado pelos médicos. O acerto salarial já tinha sido feito nessa semana, de madrugada, nessas “aventuras da Academia”.

Em 2011, Carlos Alberto fez 36 partidas e marcou apenas um gol. Não teve excelentes atuações e tem um largo histórico de problemas envolvendo outros clubes e colegas. Chegou a ser Campeão Mundial pelo Porto e passou por diversos clubes, sempre causando confusão e discórdia. No Corinthians brigou com Carlos Tevez, em um dos episódios mais pitorescos do futebol brasileiro. E o pior de tudo: o jogador não foi indicado por Felipão. O torcedor teve que ouvir de Roberto Frizzo, diretor de futebol, que “não teve tempo de consultar o técnico sobre o novo reforço. Trata-se de um excelente jogador”.

Enfim, Carlos Alberto é o novo meia do Palmeiras. Agora vamos esperar com quem Frizzo se identifica no olhar, Ei, Frizzo, o Alex, ex-palmeirense que está na Turquia, tem belíssimos olhos. O que você acha!?

Aja paciência!

Comentários

comentários