Com primeiro tempo sofrível, Verdão consegue empate e soma quatro pontos em dois jogos no Paulistão.

O Palmeiras empatou em casa com a Portuguesa, ontem, em 1 a 1. O Verdão saiu atrás logo no início do segundo tempo, mas conseguiu o empate com Ricardo Bueno. Precisou sair Tinga e Luan para o time, enfim, melhorar a sua desenvoltura em campo.

O jogo

Felipão armou o time com Tinga e Luan entre os titulares. Com isso, o Palmeiras fez um primeiro tempo horrível e sofrível. Eram consecutivas as falhas. Márcio Araújo e Tinga, definitivamente, não se conversavam, e com isso não saia um passe sequer. Valdívia tentava de todas as formas participar do jogo, sem sucesso. A zaga ficou bem postada, mas também não teve tanto trabalho: a Lusa só tentava com Edno, que esbarrava na sua falta de habilidade e condição técnica.

Logo no começo do segundo tempo, com Maikon Leite no lugar de Tinga, o Verdão esboçou reação. Assunção bateu falta perigosíssima que o goleiro lusitano pegou. Mas, numa falha grotesca da zaga, Marcelo Cordeiro conseguiu escapar e jogar para o meio da área. No meio de dois jogadores alviverdes, Maylson mandou para as redes, abrindo o placar, para desespero dos oito mil pagantes no Pacaembú: 1 a 0 Portuguesa.

Como no ano passado, o Palmeiras precisou tomar um gol para acordar e correr atrás. Aos 15, Felipão passou instrução para Murtosa fazer uma substituição: sacar Luan e promover a estreia de Daniel Carvalho. Mesmo nitidamente fora de forma, Carvalho foi responsável pela reação palestrina. Trocando passes com uma qualidade melhor, o Palmeiras começou a ser mais ofensivo e objetivo no ataque.

Aos 36, Daniel Carvalho viu Maikon Leite e passou. Leite fez belíssimo passe para o meio da área, com excelente visão, e Ricardo Bueno completou, empatando o jogo. 1 a 1 no Pacaembú.

Mesmo exercendo pressão em cima da Portuguesa, o empate foi confirmado.

Opinião

Ficou nítido que o Palmeiras melhorou com a entrada de Daniel Carvalho e as caídas de Maikon Leite pelas pontas. Com essa formação, Valdívia teve mais espaço e Cicinho conseguiu desenvolver jogadas sem ser parado por faltas. Daniel Carvalho, se entrar em forma, é um potencial titular e pode ser aproveitando dando suporte para o chileno. Luan e Tinga precisam melhorar muito para assumir a posição de titular e conquistar o espaço no time.

Próximo jogo: Catanduvense.
FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 1 X 1 PORTUGUESA

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 25 de janeiro de 2012, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Leonardo Ferreira Lima (SP)
Assistentes: Fabio Luiz Freire e Maiza Teles Paiva (ambos de SP)
Cartões amarelos: Henrique (Palmeiras). Maylson (Portuguesa)
Público: 7.983 pagantes
Renda: R$ 245.216,00
GOLS: PALMEIRAS: Ricardo Bueno, aos 35 minutos do segundo tempo
PORTUGUESA: Maylson, aos 4 minutos do segundo tempo

PALMEIRAS: Deola; Cicinho, Henrique, Leandro Amaro e Juninho; Márcio Araújo, Marcos Assunção (João Vitor), Tinga (Maikon Leite) e Valdivia; Luan (Daniel Carvalho) e Ricardo Bueno
Técnico: Flávio Murtosa

PORTUGUESA: Wéverton; Luis Ricardo, Leandro Silva, Renato e Marcelo Cordeiro; Boquita, Léo Silva, Maylson (Raí) e Edno; Vandinho (Rafael Oliveira) e Henrique
Técnico: Jorginho

 

Comentários

comentários