Verdão estreia na Copa do Brasil 2012 contra o Coruripe-AL. As duas equipes se enfrentam pela primeira vez na história.

O Palmeiras finalmente fará sua estreia na Copa do Brasil 2012. O confronto diante do Coruripe-AL marca o início da caminhada verde rumo ao título da Competição que não vem desde 1998, quando o time comandado pelo próprio Luiz Felipe Scolari bateu o Cruzeiro na final, no Morumbi, com gol apelidado de “espírita” marcado pelo atacante Oseias. A conquista marcou o início da trajetória rumo ao título da Libertadores de 1999, na ocasião.

O Coruripe-AL comandado pelo técnico Elenilson Santos não tem nenhum jogador famoso em seu elenco. O time deve entrar em campo com três zagueiros e deve buscar o empate, visando assim o jogo de volta em Jundiaí-SP. Assim, o adversário deverá ser escalado com Juninho, Renato Melo, Jacó e Wallax; Rogério Rios, Geninho, Jhota, Rogerinho e Adrianinho; Ivan e Washington.

O Palmeiras, comandado por Luiz Felipe Scolari, deve entrar em campo com a mesma formação que goleou o Botafogo-SP por 6 a 2. Os desfalques serão Valdívia e João Vitor que cumprem suspensão automática. Ambos foram expulsos no clássico contra o Corinthians, na última rodada do Brasileiro 2011. Daniel Carvalho deverá assumir a posição do chileno, enquanto Patrick é o provável substituto de João Vitor.

O Palmeiras deverá ir a campo com Deola; Artur (Cicinho), Leandro Amaro, Henrique e Juninho; Marcio Araújo, Marcos Assunção, Patrik e Daniel Carvalho; Maikon Leite e Barcos

FICHA TÉCNICA
CORURIPE-AL X PALMEIRAS

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL)
Data: 14 de março de 2012, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Cláudio Francisco Lima e Silva (SE)
Assistentes: João Carlos de Jesus Santos e Rodrigo Guimarães Pereira (ambos de SE)

CORURIPE: Juninho; Fernandinho, Jacó, Mello e Rogerinho; Wallace, Jair, Geninho e Adrianinho; Fabinho e Washington
Técnico: Elenilson Santos

PALMEIRAS: Deola; Cicinho, Leandro Amaro, Henrique e Juninho; Márcio Araújo, Marcos Assunção, Patrik (Chico) e Daniel Carvalho; Maikon Leite e Barcos
Técnico: Luiz Felipe Scolari

Comentários

comentários