Volante, severamente criticado pela torcida, é negociado com o Ceará até o final de 2012.

Por Thiago Gomes

O facão já começou na Academia de Futebol. Depois de sofrer severas críticas da torcida do Palmeiras, o volante Tinga foi negociado com o Ceará e deve permanecer até o final de 2012.

Tinga chegou em 2010, após o Verdão fechar com a Ponte Preta. Desde então, o volante não teve boas atuações e sempre que é escalado sofre vaias e xingamentos. A própria torcida sabe da falta de conhecimento e habilidade do atleta.

“O Tinga não vem atuando bem, sofre pressão grande dos torcedores. Eu conversei com ele e o empresário dele também. A gente entende que às vezes uma mudança de ares seria favorável,” disse César Sampaio, gerente de futebol do clube.

Tinga não é o primeiro jogador que deixa a Academia. O lateral Gerley foi emprestado para o Bahia, semana passada. O próximo deverá ser Chico, que tem proposta do Coritiba.

Comentários

comentários