Paulo Nobre confirma atraso nos vencimentos.

Por Thiago Gomes

O Palmeiras ainda deve salários para os jogadores. Desde a época em que Arnaldo Tirone era presidente, o clube deve vencimentos para os atletas.

Aliás, assim que Tirone assumiu, confirmou que iria quitar e eliminar os problemas financeiros deixados por Belluzzo. Porém, nada foi feito efetivamente.

A “bomba”, então, sobrou para Paulo Nobre. O atual presidente confirmou que os salários ainda não estão em dia, mas a diretoria está “se esforçando” para resolver o assunto.

“(O salário) Não está totalmente em dia, parte dos direitos de imagem está atrasada. Para não deixar acumular muito e não pesar para eles (jogadores), estamos correndo atrás para solucionar e eles têm de receber em dia para estarem tranquilos. Estamos correndo atrás disso,” disse.

Nos bastidores do clube, comenta-se que o que mais motivou a saída de Barcos do clube foram os consecutivos atrasos salariais. O argentino foi para o Grêmio que, em contra partida, mandou quatro jogadores para São Paulo e quitou a dívida do Palmeiras com a LDU.

Comentários

comentários