Modalidade histórica do clube quase encerra as atividades por falta de dinheiro.

Meltex ajudará o basquete do Verdão.
Meltex ajudará o basquete do Verdão.

O presidente Paulo Nobre, junto do diretor de esportes olímpicos Ronaldo Faria Júnior e do administrador das lojas Academia Store, Gauston Krause, anunciaram parceria para manter o basquete do Palmeiras em atividade.

“Estávamos quase no dead line pra decidir a participação do Palmeiras quando a Meltex se viu interessada em investir no basquete. O anseio pela continuidade era muito grande, mas não trabalhamos fazendo alarde. A diretoria como um todo, não só o marketing, trabalharam com intuito de viabilizar um patrocínio. Eu havia sido claro que os esportes olímpicos teriam de andar pelas próprias pernas”, disse o atual presidente.

A Meltex investirá cerca de 2,5 milhões na montagem da equipe para 2014 e também na manutenção do esporte. “A história do basquete do Palmeiras não podia terminar por aqui. Além de toda a tradição de revelar jogadores e de conquistar títulos, o Palmeiras incorporou um espírito vibrante com a participação de seus torcedores nos jogos da equipe no NBB. O ginásio ficou lotado, e o time praticamente imbatível em casa. Mais do que investir, estamos apoiando a manutenção dos valores de um dos maiores clubes neste esporte”, afirmou Gauston Krause.

O Palmeiras quase se classificou para os playoffs este ano. O time emendou nove vitórias consecutivas e por pouco não alcançou o objetivo. O Ginásio lotado de palmeirenses, no Palestra Itália, chamou a atenção da empresa.

Comentários

comentários