Em seis meses, sócios ‘revolucionam’ Palmeiras e iniciam novo ciclo

0
53


Crescimento do Avanti faz Alviverde ter saúde financeira e manutenção de equipe, enquanto rivais lutam por geração de receita. Agremiação possui quase 130 mil afiliados.

Embalado após a segunda vitória consecutiva, o Palmeiras também pode comemorar um primeiro semestre de sucesso no campo dos sócios-torcedores. O Verdão é o clube que mais cresceu na temporada, de acordo com números do Movimento por um Futebol Melhor, e colhe os bons frutos desses resultados.

No ano, o Verdão angariou 63.903 novos sócios-torcedores e está perto de dobrar a quantidade de associados com que terminou 2014. Na última temporada, o Alviverde tinha 64.451 afiliados, segundo o Torcedômetro. Desde janeiro de 2013, data de criação do Movimento por um Futebol Melhor, a agremiação paulista é a que registrou o maior crescimento: o time teve 118.828 novas adesões. Atualmente, conta com 128.453.

No ranking de novos sócios-torcedores de 2015, o Palmeiras é seguido por Corinthians (40.489 novos associados) e Internacional (18.688). A ascensão dos clubes guinou o Movimento por um Futebol Melhor, que atingiu a marca de 1 milhão de afiliados nesta quinta-feira.

Ao lado dos patrocinadores, o programa Avanti trouxe autonomia financeira ao clube. Diferentemente dos principais rivais, o Alviverde não sofre com a crise econômica do futebol e tem receita para investir na contratação de reforços ao elenco. Recentemente, a agremiação acertou as chegadas de Lucas Barrios, Leandro Almeida e Alecsandro.

Para atrair e fidelizar os sócios-torcedores, o Palmeiras utiliza como chamarizes o Allianz Parque, ações especiais e benefícios aos cadastrados. Só nesta temporada, foram mais de 30 inserções diferentes. Entre elas, a ida de associados em apresentações dos novos reforços, a chance de ser gandula por um dia, de assistir ao jogo dentro do gramado do estádio, de ficar perfilado no campo para execução do Hino Nacional e a de participar de entrevistas com atletas.

Vice-líder no Brasil em número de sócios-torcedores (Internacional é primeiro colocado, com 146.305), o Palmeiras também pode comemorar o salto no ranking mundial de associados, elaborado pelo Movimento por um Futebol Melhor. O Verdão deixou para trás clubes como Manchester United (ING), Boca Juniors (ARG), Internazionale (ITA), Borussia Dortmund (ALE) e Porto (POR). Atualmente, é o sétimo. O Benfica (POR) está na primeira posição, com 270 afiliados.

A meta da diretoria é a de que a receita do programa de sócio-torcedor torne-se a maior fonte de renda do clube. E o projeto tem grande potencial. Por exemplo, a marca de 1 milhão de associados do Movimento pode gerar até R$ 400 milhões por ano aos 63 clubes participantes.

Os sócios do Palmeiras também aproveitam os descontos oferecidos pelo Movimento por um Futebol Melhor, como em produtos de Ambev, Unilever, Pepsico, Centauro.com.br, Easy Taxi, SKY, TIM, BIC, Editora Abril, Shell e Multiplus.

Fonte: Lance!

Comentários

comentários