Paulo Nobre dá entrevista em coletiva, no Verdão.
Paulo Nobre dá entrevista em coletiva, no Verdão.

O presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, não estará por perto quando o time entrar em campo esta noite, em Piracicaba (SP), para encarar o XV. Escolhido como um dos representantes da Conmebol para acompanhar a eleição da Fifa, Nobre está em Zurique e, nesta sexta, será presença garantida no evento que definirá o sucessor de Blatter na maior entidade do futebol.

LEIA MAIS:
Apesar das cobranças, Marcelo Oliveira precisa continuar no Palmeiras
Paulo Nobre confirma jogo do Palmeiras pela Libertadores em casa
Lesão de Cleiton Xavier faz Palmeiras ir ao mercado por novo meia
COMPRE AGORA! Camisas do Palmeiras com desconto diretamente da loja oficial. Confira
Que tal trabalhar com futebol e ganhar mais de R$ 2.000,00 por mês? É possível. Clique aqui

Ao lado do presidente alviverde, atuam como observadores no evento o uruguaio Eduardo Ache, presidente do Nacional-URU – clube que está no grupo do Palmeiras na Libertadores -, e o peruano Franklin Chuquizuta, diretor da Federação Peruana de Futebol.

A nomeação de Chuquizuta até surpreendeu, tendo em vista que o ex-presidente da Federação Peruana, Manuel Burga, foi entregue à Justiça pelas autoridades nacionais em dezembro passado. Acusado de fazer parte do esquema de corrupção no futebol sul-americano, Burga foi destituído do cargo assim como o chileno Sergio Jadue.

Esse não é o primeiro contato de Nobre como representante em eventos internacionais. Se, nesta ocasião, o presidente alviverde representa a Conmebol – entidade gestora do futebol na América do Sul -, em 2013, o dirigente foi eleito para ser chefe de delegação da Seleção Brasileira em amistoso contra a Itália. Na ocasião, presenteou o lateral Marcelo e o atacante Hulk com camisas do Verdão.

Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários

comentários