Palmeiras demite médicos e fará reformulação no departamento

Rubens Sampaio, Vinicius Martins e Otávio Vilhena foram desligados do clube nesta quinta-feira. Substitutos ainda não foram anunciados

0
192

O Palmeiras fará uma profunda reformulação em seu departamento médico. O clube anunciou nesta quinta-feira que os médicos Rubens Sampaio, Vinicius Martins e Otávio Vilhena foram desligados e que os substitutos serão anunciados em breve. O elenco se reapresenta na terça.

A decisão pegou os funcionários do clube de surpresa. Os resultados do DM em 2016 foram considerados muito satisfatórios internamente, com boa parte dos atletas lesionados retornando antes do período estipulado.

O setor era um dos mais criticados antes da chegada da atual diretoria de futebol, que investiu em estrutura humana e equipamentos para otimizar os trabalhos ligados à parte física dos jogadores. O discurso era de que o problema antes não era a capacidade dos médicos, mas a falta de estrutura para fazer o tratamento necessário.

Rubens Sampaio estava no Palmeiras desde 2006, mas já havia passado pelo clube entre 1997 e 2001. Vinicius Martins estava no Verdão desde 1997, enquanto Otávio Vilhena estava desde 2000.

Veja a nota do Palmeiras:

“A Sociedade Esportiva Palmeiras vem a público agradecer os serviços prestados pelos médicos Rubens Sampaio, Vinicius Martins e Otávio Vilhena, que foram desligados do clube nesta quinta-feira (05).

O Verdão deseja a eles sucesso na sequência de suas carreiras profissionais.

Os nomes dos novos funcionários serão anunciados em breve.”

Comentários

comentários