Diretor do Coritiba confirma venda do zagueiro Juninho para o Palmeiras

Vice-presidente do Coritiba, José Fernando Macedo confirma negociação. Palmeiras paga cerca de R$ 10,2 milhões pelo jovem, que é aguardado para fazer exames médicos

0
441


O vice-presidente do Coritiba, José Fernando Macedo, confirmou a venda do zagueiro Juninho para o Palmeiras. O jogador já havia ficado de fora do treino desta sexta-feira. Desejo da equipe paulista desde 2015, o assunto voltou com força nesta semana depois de o time paulista ter apresentado uma proposta de 3 milhões de euros (aproximadamente R$ 10,2 milhões) para ter o atleta, que é aguardado em São Paulo no sábado, e se aprovado, assina contrato.

– O Juninho é do Palmeiras. Infelizmente, para nós. Amanhã (sábado), vamos nos reunir com a comissão técnica e analisar o que precisamos na defesa. Temos algumas peças, mas o Campeonato Brasileiro é muito forte – disse Macedo por telefone ao GloboEsporte.com.

O dirigente afirmou desconhecer dos valores da negociação, porque não participou das conversas com o clube paulista. Mas, segundo informações da jornalista Nadja Mauad, do Blog da Nadja, o Coxa ainda deve ficar com 10% dos direitos do jogador para futuras negociações.

Juninho esteve perto de acertar com o Flamengo em 2015, quando cogitou depositar o valor da multa de R$ 10 milhões e negociar diretamente com os representantes do zagueiro, passando por cima do clube. Depois, a proposta envolvia o pagamento de R$ 5 milhões e a troca por jogadores, mas o Coritiba não aceitou e renovou com o zagueiro até 2020.

Paranaense de Londrina, Juninho tem 22 anos e está no Coritiba desde o sub-17. O jogador estreou entre os profissionais em 2015 e era titular na defesa do Coxa, mas muitas vezes foi utilizado como lateral pelo técnico Paulo César Carpegiani, que o considerava um jogador versátil. No total, ele defendeu o Coritiba em 91 jogos, todos como titular, com um gol marcado. O zagueiro chega para suprir a saída de Vitor Hugo, que está negociando com a Fiorentina, da Itália.

Comentários

comentários