Recuperar atletas e encaixar Borja: missões de Cuca no Verdão

0
352


O técnico Cuca reassume o Palmeiras nesta terça-feira. Após deixar o clube no fim de 2016, o comandante encontrará vários nomes com os quais trabalhou, mas também encontrará caras novas. Com isso, o treinador terá algumas missões para fazer o Verdão evoluir.

Alguns atletas importantes no título do Campeonato Brasileiro de 2016 não repetiram as boas atuações com Eduardo Baptista. São os casos do zagueiro Vitor Hugo, pilar da defesa ao lado de Mina na última temporada, e que acabou perdendo a posição neste ano, e do volante Tchê Tchê. Apesar de ter sofrido também com lesões em 2017, o camisa 8 – 32 à época de Cuca – não manteve o nível apresentado.

Além deles, o atacante Róger Guedes também não conseguiu ter a sequência ideal no Paulista, depois de começar bem sua passagem no Verdão em 2016, sendo peça importante pelos lados do campo no Brasileirão do último ano.

Em relação aos reforços trazidos para esta temporada, a principal missão de Cuca será fazer o colombiano Miguel Borja render o esperado pela diretoria e pela torcida. Artilheiro no Atlético Nacional-COL, o camisa 12 não embalou no Brasil, com apenas quatro gols em 13 jogos até o momento.

Para dificultar o trabalho do novo treinador palmeirense, dois pilares de sua equipe campeã brasileira não estarão em campo. O atacante Gabriel Jesus, artilheiro do time na conquista, foi vendido ao Manchester City, deixando o clube no fim de 2016.

A outra peça até estará à disposição do comandante, mas não rapidamente. O meio-campista Moisés, que se destacou no Brasileiro, inclusive com as cobranças de lateral para a área que ficaram famosas ao longo da campanha, tem lesão no joelho e só volta no segundo semestre.

Outra diferença em relação a 2016 é o número de competições. Ao longo do Campeonato Brasileiro, Cuca precisou dividir atenção apenas com a Copa do Brasil, e mesmo assim o Verdão jogou apenas quatro jogos na competição, caindo para o Grêmio.

Agora, com a expectativa de que o Alviverde alcançará as fases mais decisivas da competição nacional, e também da sonhada Libertadores, é possível que a equipe divida as atenções em três torneios diferentes. Neste ponto, o elenco com muitos atletas de peso pode ajudar o treinador.

A caminhada de Cuca começa no próximo domingo, às 16 horas (de Brasília), diante do Vasco, na primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Para o duelo, no Palestra Itália, a torcida palmeirense já comprou 20 mil ingressos, deixando claro que manterá o apoio dado ao time na conquista da última temporada.

Comentários

comentários