Egídio e Mayke “pedem passagem” e serão titulares; Dudu fica no banco

0
Os jogadores Jean e Hyoran (D), da SE Palmeiras, durante treinamento, na Academia de Futebol.


O Palmeiras terá duas mudanças na equipe titular, e Dudu de volta entre os relacionados para o jogo deste sábado, contra o Atlético-MG, às 16h (de Brasília), no Independência. Para encarar o Galo, Cuca confirmou a presença de Egídio e Mayke, que “pediram passagem” durante os treinamentos.

“Viram que o Egídio está treinando bem, está com força, velocidade e disposição. Não tínhamos preparado nada para ele voltar nesse jogo, mas o trabalho dele o credenciou. Fez gol no jogo-treino e pediu passagem nos treinamentos. Assim como o Mayke. Eles se auto-escalaram. Junto disso, o Michel teve um problema de adutor, provavelmente nem viaje”, disse o treinador.

Na última sexta-feira, o Palmeiras disputou jogo-treino contra o Red Bull na Academia de Futebol e partida terminou em empate por 1 a 1, com Egídio anotando o gol alviverde. Na ocasião, inclusive, o camisa 6 foi o melhor em campo.

“Por isso a gente abre o treino, para que vocês passem a opinião para o torcedor. Eu acho que o Egídio está treinando bem. Os jogadores sentem quando um está se impondo. O jogo ajuda, por ele ter uma história grande com Belo Horizonte também”, completou.

Egídio vive momento conturbado no Palmeiras. O lateral foi apontado como um dos maiores culpados pela eliminação alviverde contra o Cruzeiro, pelas quartas de final da Copa do Brasil, que causou o pedido de demissão de Cuca, e ainda perdeu o pênalti decisivo que deixou o Verdão fora da Libertadores, contra o Barcelona de Guaiaquil.

Pegando como base a formação que mais ensaiou ao longo dos últimos dias, foram duas as trocas em relação à goleada sobre o São Paulo. Egídio substitui Michel Bastos, e Mayke assume a vaga de Jean (que passa a jogar no meio de campo, no lugar de Bruno Henrique).

Já Dudu voltará a ser relacionado por Cuca após 30 dias. Escalado como titular no confronto com o Barcelona de Guaiaquil, pelas oitavas de final da Copa Libertadores, o camisa 7 sofreu lesão muscular na coxa esquerda. O departamento médico do Palmeiras estimou o prazo de recuperação em quatro semanas

“Dudu machucou exatamente há 30 dias. Ele fez um treino coletivo, é pouco para ele ter uma condição ideal de jogo. Ele é nosso titular, nosso capitão, mas ele fica como opção gradativamente buscando o lugar dele. Durante o jogo, certamente poderá ser utilizado”, finalizou.

A provável formação do Palmeiras tem Fernando Prass; Mayke, Luan, Edu Dracena e Egídio; Tchê Tchê, Jean, Moisés e Guerra; Willian, Deyverson.

Comentários

comentários