Veja como Guerra pode ser aproveitado no Palmeiras de Roger Machado

0
55


Meia venezuelano deve ter chance no Verdão contra o Linense, nesta quinta

Pelas declarações do técnico Roger Machado e pelos últimos treinamentos na Academia de Futebol, Alejandro Guerra deve ser uma novidade do Palmeiras contra o Linense, em partida que será disputada nesta quinta-feira, às 21h (de Brasília), na arena do Verdão, pela sétima rodada do Campeonato Paulista.

No último dia de preparação, Roger não trabalhou com os 11 titulares, mas lançou o venezuelano na vaga de Willian em uma atividade de posicionamento defensivo nas bolas paradas.

Se a alteração for confirmada, Guerra entra na equipe para atuar pelo lado direito da linha ofensiva palmeirense, com a companhia de Tchê Tchê, Lucas Lima e Dudu no meio de campo e com Miguel Borja como referência, mais perto do gol adversário.

A entrada do venezuelano é mais uma opção dentro de um sistema ofensivo muito concorrido. E a versatilidade do atleta tem chamado a atenção da comissão técnica. Na semana passada, por exemplo, Guerra foi testado em uma atividade de movimentação e finalização como referência.

Ele já havia desempenhado tal função na primeira parte do jogo-treino contra o São Bernardo. Nas duas ocasiões, o camisa 18 apareceu pelos lados de campo e também teve boa chegada na área.

Se for utilizado centralizado, ou como “falso 9”, Guerra vira alternativa para uma formação sem a presença de Miguel Borja. Como Willian vem atuando mais pelo lado, Roger tem apenas Deyverson com características semelhantes. O problema é que o atacante só deve retornar aos gramados em março, já que se recupera de uma cirurgia no pé direito.

Guerra tem apenas duas partidas pelo Verdão em 2018 – ele entrou contra RB Brasil e Bragantino, sempre no segundo tempo. No total, são 40 jogos pelo clube e sete gols marcados.

Comentários

comentários