Felipe Melo exalta espírito guerreiro do Palmeiras no clássico

0
1150

O volante Felipe Melo passou por situações difíceis no Palmeiras. Com Cuca, chegou até a ser afastado do elenco por ‘questões comportamentais’. Após o fato, mandou áudio por meio de aplicativo criticando fortemente o então técnico do clube. Depois pediu desculpas, foi reintegrado e seguiu a vida.

Cuca foi demitido do comando. O ano terminou. Dois grandes ingredientes para Felipe Melo crescer e voltar à tona. Foi o que aconteceu. Sob o comando de Roger Machado, o jogador resgatou seu futebol e está conseguindo mostrar todo seu potencial. O começo de temporada tem sido marcado pela sua intensa capacidade de firmar passes de longa distância. Felipe Melo é, sem sombra de dúvidas, o maior lançador do futebol brasileiro atualmente.

Após a vitória no clássico contra o São Paulo, Felipe conversou com jornalistas e disse que o elenco foi ‘muito cobrado’ sobre determinação.

“Na verdade, muito foi cobrado depois do ultimo clássico, sobre determinação, vontade. Eu acho que, independentemente da vitória hoje, nós demonstramos esse espírito de sacrifício, vontade de vencer desde o primeiro minuto,” disse, ainda no gramado, para uma emissora de TV.

“2018 para mim está sendo um início muito importante, como foi em 2017. Espero ter uma sequência de jogos, continuar contribuindo. Mas o importante é fazer história aqui ganhando títulos. Não vai adiantar nada começar bem, ter uma sequência boa e não ganhar nada. Estamos trabalhando bastante, dobrando o trabalho. A cada derrota, parece que morreu uma pessoa no vestiário”, finalizou.

O volante levou o terceiro cartão amarelo e não enfrenta o Ituano no final de semana pela última rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista.

Comentários

comentários