Palmeiras vence o Alianza Lima e confirma melhor campanha na Libertadores

0
3755


O Palmeiras confirmou a melhor campanha da fase de grupos da Copa Libertadores. Venceu o Alianza Lima por 3 a 1 no Peru com gols de Willian, Hyoran e Borja. Moisés jogou muito bem e se destacou na partida, dando certa ‘dor de cabeça’ para Lucas Lima.

Primeiro tempo
Os primeiros momentos de jogo mostraram um Palmeiras mais bem entrosado mesmo com muitas mudanças no time. Tchê Tchê, titular, começou trocando bons passes com Willian. Aos 8, o atacante palmeirense recebeu boa bola e chutou em cima do goleiro.

Aos 19, Moisés recebeu bola dentro da área e deu passe de lado para Willian. O atacante só teve o trabalho de finalizar e abrir o placar: 1 a 0 Verdão.

Após a abertura do placar, o time de Roger Machado seguiu armando jogadas e espaços. Os peruanos tentaram alguns contra-ataques, porém totalmente sem objetividade.

Aos 31, Hyoran trocou passes com Moisés e recebeu na frente. Sem marcação, encheu o pé e fez o segundo gol palestrino.

Aos 35, Hyoran recebeu bom passe no meio, driblou dentro da área e chutou, mas acertou a trave. Foi uma jogada coletiva que resultou numa boa chance.

No fim da primeira etapa, o Alianza até esboçou reação e acertou bom chute rasteiro, mas Jaílson estava ligado e mandou a bola para escanteio.

Segundo tempo
Roger optou por não fazer substituições no intervalo. O Verdão trocava passes e chegava com bastante facilidade na zaga adversária no começo do tempo.

Depois de analisar o adversário e ver o espaço, o Palmeiras fez o terceiro. Mayke entrou com certa liberdade na área e tocou de lado para Borja. O colombiano, sem marcação, só empurrou para as redes e marcou o terceiro.

Aos 24, Hohberg recebeu toque de Thiago Martins e caiu na área. O juiz assinalou pênalti, convertido por Cruzado. 3 a 1.

Aos 31, Borja perdeu gol na cara do goleiro. Após cavadinha de Moisés, o colombiano chutou forte, mas em cima do defensor peruano.

Como prometeu rodar o elenco, Roger optou por colocar Deyverson no jogo. Borja foi para os vestiários.

Aos 43, Deyverson teve boa chance. Hyoran travou batalha e deu bom passe para o atacante, que errou o chute. O gol estava praticamente sem goleiro e com um defensor na linha.

Com três gols no placar e dois de vantagem, o Verdão deu uma segurada no ímpeto. Não atacou de forma voraz e evitou construir jogadas mais fortes. Trocou passes, segurou o jogo e levou até o fim.

FICHA TÉCNICA
ALIANZA LIMA 1 x 3 PALMEIRAS

Local: Estádio Alejandro Villanueva, em Lima (PER)
Data: 03 de maio de 2018, quinta-feira
Horário: 21h30 (Brasília)
Árbitro: Gery Vargas (URU)
Assistentes: Edwaar Saavedra e Jose Antelo (URU)

Cartões amarelos: Garro, Qevedro, Duclós e Velarde (ALIANZA); Luan (PALMEIRAS)

GOLS
ALIANZA LIMA: Cruzado, aos 26 minutos do segundo tempo
PALMEIRAS: Willian, aos 19, Hyoran, aos 31 minutos do primeiro tempo; Borja, aos 21 minutos da etapa final

ALIANZA LIMA: Campos; Garro, Miguel Araujo, Fuentes e Duclós; Tomás Costa, Vilchez (Maxi Lemos), Hohberg, Cruzado e Velarde (Pósito); Quevedo
Técnico: Pablo Bengoechea

PALMEIRAS: Jailson; Mayke, Thiago Martins, Luan (Emerson Santos) e Victor Luis; Thiago Santos e Tchê Tchê; Hyoran, Moisés e Willian; Borja (Deyverson)
Técnico: Roger Machado

Comentários

comentários