No Paraná, Palmeiras vence o Atlético e mantém sequência positiva

0
3569
O jogador Willian, da SE Palmeiras, comemora seu gol contra a equipe do G Novorizontino, durante partida válida pelas quartas de final (volta), do Campeonato Paulista, Série A1, na Arena Allianz Parque.


Neste domingo, na Arena da Baixada, o Palmeiras goleou o Atlético-PR por 3 a 1 e chegou aos oito pontos no Brasileirão. O técnico Roger Machado e a torcida gostaram da partida e aprovaram, mesmo com notícia triste: a saída de Moisés logo no começo do jogo por lesão.

O Verdão aproveitou os espaços e foi decisivo quando precisou. O próximo jogo será o clássico contra o Corinthians, em Itaquera.

Primeiro tempo
Aos 2 minutos, Jaílson saiu errado do gol e quase deu chance de gol para o Atlético-PR.

Aos 6, Moisés pisou errado e sentiu lesão na coxa. Teve que ser substituído e Lucas Lima entrou. O meio-campista deixou o campo chorando.

Aos 10, Felipe Melo se envolveu em confusão na área e foi punido pelo árbitro. Levou amarelo. Como estava pendurado, não encara o Corinthians domingo em Itaquera.

O Palmeiras tentou alguns lances tímidos, sem qualquer objetividade. Felipe Melo estava bem posicionado na área e arriscou cabeçada em bola aérea, mas não teve sucesso. Jogo truncado e fechado no meio campo.

Aos 20, Rosseto arriscou de longe e Jaílson fez bela defesa.

O Atlético buscou e encontrou alguns espaços no meio campo e levou perigo algumas vezes. O Palmeiras marcou forte a saída de bola e incomodou o goleiro adversário, que ficou preso e por vezes sem opção de reposição.

Aos 43, Keno recebeu do lado direito e viu Bruno Henrique entrar na área. O atacante só serviu para o volante, que chutou de chapa e no ângulo. Golaço palmeirense na Arena da Baixada.

Antes do final da partida, Lucas Lima ainda teve chance de fazer o segundo, mas errou a pontaria.

Segundo tempo
Os primeiros dez minutos foram truncados. O time de Roger Machado teve algumas chances de evoluir e entrar na área, mas errava o passe final. O Atlético tinha Lucho González como força criativa no meio campo. Ele ordenava as jogadas ofensivas, mas o setor de defesa do Verdão estava ligado.

Aos 13, após boa cobrança curta de escanteio, Dudu chutou e o goleiro rebateu. A bola caiu para Marcos Rocha que, de três dedos, mandou para o fundo das redes e ampliou: 2 a 0.

Mesmo com vantagem dupla no placar, o time não deixou de lutar e procurar o terceiro gol. Lucas Lima, que entrou no lugar de Moisés, não estava em boa tarde e não teve boa atuação. Perdido e lento, não desenvolveu bom futebol.

Aos 32, Machado resolveu tirar Keno e colocar Hyoran. O atacante palmeirense deixou o campo muito cansado, talvez o motivo da substituição.

Aos 37, Felipe Melo também deixou o campo. Entrou Thiago Santos para dar suporte para a zaga.

Aos 39, Willian recebeu passe de Hyoran e colocou velocidade. Sem marcação, soltou a bomba e marcou o terceiro gol do Verdão no Paraná.

No final, Pablo diminuiu para os paranaenses.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR 1 x 3 PALMEIRAS

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 06 de maio de 2018, domingo
Horário: 16h (Brasília)
Árbitro: Claudio Francisco Lima E Silva – SE (CBF)
Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios – SE (CBF) e Ailton Farias da Silva – SE (CBF)
Público: 20.417 pessoas

Cartões amarelos: Thiago Carleto (Atlético-PR); Felipe Melo (PALMEIRAS)

GOLS
ATLÉTICO-PR: Pablo, aos 44 minutos da etapa inicial
PALMEIRAS: Bruno Henrique, aos 43 minutos do primeiro tempo; Marcos Rocha, aos 14, e Willian, aos 39 da etapa final

ATLÉTICO-PR: Santos; Zé Ivaldo, Pavez e Thiago Heleno; Matheus Rossetto (Renan Lodi), Camacho, Lucho González (Jonathan) e Carleto (Bergson); Nikão, Guilherme e Pablo
Técnico: Fernando Diniz

PALMEIRAS: Jailson; Marcos Rocha, Edu Dracena, Antônio Carlos e Diogo Barbosa; Felipe Melo (Thiago Santos), Bruno Henrique e Moisés (Lucas Lima); Keno (Hyoran), Dudu e Willian
Técnico: Roger Machado

Comentários

comentários