O meia Gustavo Scarpa sofreu nova derrota nos tribunais. Em audiência no TRT-RJ, o clube carioca venceu por 8 votos e manteve o atleta longe dos gramados. Scarpa teve apenas três votos a favor.

Scarpa brigou pela validação do mandado de segurança. Se fosse validado novamente, o jogador estaria livre para defender o Palmeiras. A audiência de hoje foi uma tática dos advogados de defesa do jogador.

O advogado do meia disse que o Fluminense não quis receber o jogador de volta. Já a defesa do clube rebateu dizendo que o atleta sequer quis se reapresentar.

O Palmeiras já pagou para Scarpa e os empresários. Com base na negociação, o Alviverde aguarda o desfecho para poder contar com o atleta. Alexandre Mattos, executivo de futebol, garantiu que o clube não pode se envolver muito no caso já que se trata de uma briga pessoal do jogador contra o Tricolor das Laranjeiras.

Haverá outro julgamento ainda sem data marcada.

Comentários

comentários