O técnico Roger Machado, da SE Palmeiras, em jogo contra a equipe do Ceará SC, durante partida válida pela décima primeira rodada, do Campeonato Brasileiro, Série A, no Estádio Castelão.


O Palmeiras começou bem no jogo contra o Ceará, porém rendimento caiu e cedeu ao empate.

O Palmeiras desembarcou no Ceará, recebido com muita festa pelos torcedores, vindo com aquela boa impressão de emplacar mais um adversário fora de casa. Mas ficamos só na impressão.

Após as duas últimas vitórias, contra o São Paulo e contra o Grêmio, enfrentar o lanterna Ceará seria, digamos, fácil. Ou seja, um cenário perfeito para alcançar a vice-liderança e entrar de vez na briga pela liderança do Campeonato Brasileiro.

Na primeira meia hora do jogo, no Castelão, e já com placar de 2 a 0 parecia a consolidação de um dos favoritos ao título do Brasileirão, porém com tanta oscilação e repetindo mais uma vez “sua irregularidade”, o Palmeiras fez com que sua torcida voltasse a se questionar tantos porquês!

Esta irregularidade recorrente em 2018 foi laventada lá na reta final do Paulista, quando o time fez bons primeiros jogos na semi e na final, aquele resultado desastroso que não precisamos citar.

O técnico Roger Machado tratou de minimizar o sentimento de frustração, o vacilo do Palmeiras no empate por 2 a 2 com o Ceará, e em entrevista coletiva, o professor até elogiou a equipe alviverde: ““Ficou uma relativa frustração em função do jogo que produzimos. Fizemos um belo jogo. O Lisca soube muito bem no primeiro tempo tentar nos amarrar. No segundo tempo, no ímpeto do torcedor, buscou o empate, mas não posso tirar o mérito da nossa equipe que fez um belo jogo. Temos de saber cuidar melhor no fim das partidas”, avaliou.

Convenhamos. Apesar de muitas vezes o empate como visitante ser comemorado, contudo, esse não é o caso. Até porque o Palmeiras abriu 2 a 0 e parou. Estagnou. Caiu o rendimento. E então o Ceará, que ainda não venceu no Brasileirão, encontrou caminho para reação. Como em outras ocasiões nesta temporada, faltou ao Verdão mais ousadia e definir o jogo rapidamente. Se o Verdão fizer valer, e colocar em prática sua vantagem técnica sobre os adversários, certamente estará na briga pela liderança do Brasileirão.

Com o resultado, o Palmeiras desperdiçou a chance de assumir a vice-liderança do Campeonato Brasileiro e ainda caiu para o sexto lugar, com 18 pontos ganhos. O último compromisso antes da pausa para a Copa do Mundo será diante do primeiro colocado Flamengo, na próxima quarta-feira, no Allianz Parque.

Comentários

comentários