O Palmeiras está atuante no mercado da bola. Mas, desta vez, não é contratando e sim vendendo. Depois de bater o martelo nas vendas de Tchê Tchê e João Pedro, chegou a vez de confirmar o negócio com o Shaktar Donetsk-UCR pelo atacante Fernando.

A jovem promessa palmeirense ficou seduzido pelos valores salariais propostos pelo time ucraniano. A ideia da diretoria não era vender nesse momento, mas os valores são altos: R$ 24 milhões. Desse montante, o clube ficará com R$ 21 milhões na mão. E ainda ganhará porcentagens em vendas futuras.

Fernando estreou no profissional sob o comando de Alberto Valentim e vinha sendo convocado por Roger Machado. As chances escassas de assumir a titularidade também motivaram o jogador a pensar em outras propostas.

Comemoração

O negócio foi comemorado por Alexandre Mattos, diretor executivo. Assim como foi o volante Tchê Tchê, a venda de Fernando irá rechear ainda mais os cofres alviverdes. Um dos objetivos do clube é zerar de vez as dívidas trabalhistas acumuladas por outras gestões.

Comentários

comentários