O clube social do Palmeiras está movimentado. Os associados votam algumas alterações estatutárias propostas pelo Conselho Deliberativo.

A principal mudança, e a mais polêmica, é a alteração do mandato de presidente de dois para três anos.

Os apoiadores do sim entendem que essa mudança é importante para o presidente ter condição de administrar melhor o clube. E com mais tempo.

Quem apoia o não entende que é oportunismo e casuísmo. Mustafá Contursi, ex-presidente, está neste grupo e apoia a não alteração.

O resultado sai logo após o fim da eleição (19h).

Comentários

comentários