O presidente Mauricio Galiotte, da SE Palmeiras, concede entrevista coletiva com a presidente da Crefisa, Leila Pereira (E), para anunciar a renovação do contrato de patrocínio com o clube, após treinamento, na Academia de Futebol.


A noite desta segunda-feira será movimentada na sede social do Palmeiras. Maurício Galiotte, presidente do clube, pediu reunião com os conselheiros para discutir os novos aditivos do contrato com a Crefisa.

Quando a patrocinadora assinou com o clube, o contrato tinha moldes de patrocínio. Depois da saída de Paulo Nobre do poder e toda movimentação política que aconteceu, Leila Pereira, dona da financeira, foi denunciada na Receita Federal e teve que pagar R$ 30 milhões de multa.

Desde a denúncia, a empresária propôs alterar o contrato de patrocínio para empréstimo, categorizando dívida assumida pelo Palmeiras de mais de R$ 120 milhões. O COF, órgão máximo do clube, entendeu que a troca de característica foi nociva aos interesses alviverdes e reprovou as contas dos últimos três meses, trazendo preocupação para a atual diretoria.

Leia mais:
Ganhe dinheiro assistindo jogos do Palmeiras
Baixe nosso aplicativo para celular Android

Na reunião de logo mais, o contrato será explicado e cada conselheiro votará publicamente. Os votos não serão anônimos. Maioria vence.

Galiotte espera a vitória tranquila no pleito, já que a grande maioria do CD apoia o atual mandatário e a empresária.

Comentários

comentários