O técnico Felipão, da SE Palmeiras, durante treinamento, na Toca da Raposa, CT do Cruzeiro.


O técnico Luiz Felipe Scolari falou com a imprensa após ver o Palmeiras bater no Corinthians pelo placar de 1 a 0. E ficou barato, já que o Verdão estava com time misto e teve diversas oportunidades de ampliar o placar.

“Preciso ajustar alguns procedimentos ainda do nosso time, fora do futebol. Dentro de campo está tudo bem organizado, com o Carlos, com o Paulo, com o nosso preparador, com nosso centro nos dando condições, está tudo bem. Preciso ajustar algumas situações que não são de dentro de campo. É o que me preocupa, porque para a gente ganhar precisa ter cabeça boa. Aí vocês podem perguntar: como cabeça boa se tu foi expulso? Sei disso. Fui expulso porque não concordei duas vezes com os critérios, era essa a minha cobrança, mas cada um, cada um”, comentou o treinador.

Mesmo após jogos e jogos de trabalho, Felipão foi questionado sobre seu retorno ao Palmeiras e sobre a conquista do sucesso atual.

“Primeiro que eu era da casa, sou da casa. Terceira vez que estou no Palmeiras e embora do sul me sinto palmeirense, no trabalho e no coração. Eles me receberam como se fosse da casa. Outra que o trabalho anterior já tinha uma base. Eu dei um toque no ambiente de conversa de carinho. Com a oportunidade de disputar as três competições fui usando meu centro de pesquisas para colocar os jogadores. Eu tenho que agradecer o Paulo Turra e o Pracidelli visando sempre dar um equilíbrio e identidade à equipe. Eu só gerenciei algumas coisas e coloquei minha experiência nesses atletas. Nada mais”, adicionou.

Na próxima quarta, Palmeiras e Cruzeiro se enfrentam pela semifinal da Copa do Brasil 2018.

Comentários

comentários