Reprodução: Allianz Parque
Reprodução: Allianz Parque


Coisas que só o Palmeiras e a paixão pelo futebol podem proporcionar. O pequeno Nickollas já pode ser considerado um campeão, um vencedor. A história do menino, que é palmeirense fanático, emociona.

O garoto nasceu com apenas 500gr e ganhou logo de cara dois atestados de óbito. Os médicos declararam ele morto, mas ele deu o suspiro de vida. Voltou. E com quatro meses já tinha 1,5kg.

Nickollas entrou na fila de adoção. Doze famílias que estavam na frente não quiserem ele. Ninguém sabe ao certo os motivos, porém é bem provável que a deficiência visual e a impossibilidade de uma vida “normal” possam ter contribuído. Mas Nickollas ganhou um lar amoroso, feliz e alviverde. Palmeirense de verdade.

Contra o Corinthians neste domingo, o menino foi com a mãe no estádio e foi flagrado pela TV Globo. O repórter Marco Aurélio pediu para o cinegrafista gravar a cena emocionante da mãe narrando o jogo para o filho e pegou o contato da família.

Nesta terça, o Allianz Parque também formalizou o convite para Nickollas conhecer as dependências da arena. Tirou fotos com executivos, com os anfitriões do Tour e conheceu o local por inteiro, desde os vestiários até os camarotes. Ganhou presentes. Camisa oficial, porquinho, touca. Ficou mais alviverde do que nunca.

Foi um dia especial para Nickolas e sua família. E um dia especial para a Família Palmeiras também, que conheceu mais um adepto que lutou pela vida desde o ventre. Ser palmeirense é ter garra e fibra e ultrapassar obstáculos. Vida longa!

Comentários

comentários