O jogador Antonio Carlos, da SE Palmeiras, concede entrevista coletiva, antes do treinamento, na Academia de Futebol.


O Palmeiras venceu o São Paulo no Morumbi por 2 a 0 e aumentou a vantagem na liderança do Campeonato Brasileiro. Com 56 pontos, o Verdão tem mais dez rodadas para se firmar e confirmar a taça. Mas, segundo o zagueiro Antônio Carlos, não será fácil assim.

O defensor concedeu entrevista coletiva na Academia de Futebol e comentou sobre o adversário de domingo. “Sabemos que vai ser uma partida muito difícil. Todo mundo já sabe que, no campeonato que estamos vivendo, o time a ser batido é o nosso. Vamos manter o foco e a concentração. Sabemos que vai ser um jogo muito difícil. Teremos um grande adversário pela frente que é o Grêmio. Durante a semana, vamos ver o que o professor Felipão e a comissão (técnica) têm para falar para que possamos estar preparados para, no domingo, fazer uma ótima partida”, disse.

“Me sinto titular como todos os outros. Assim como o Edu (Dracena), o Gustavo (Gomez), o Luan, o Nico (Freire). Todo mundo está aqui para somar. Foi sempre a tecla que bati desde o começo do ano. O nosso grupo, nosso elenco, é muito bom. Muito bom. Então, acho que essa relação de na Libertadores estar jogando um time, no Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil outro, é muito bom para gente. Isso é muito bom para a gente porque vai evoluindo tudo aquilo que o jogador tem para evoluir. Nossa defesa, ataque e meio-campo evoluíram muito. Não só esses, mas temos três excelentes goleiros. Isso é muito bom para o elenco. Até porque, ninguém fica ‘largado’. Fica todo mundo trabalhando ao máximo em cada treino para estar preparado quando a oportunidade chegar”, adicionou.

Antônio Carlos é tido como “titular” do grupo, mas vê Gustavo Gómez, Luan e Nico Freire como concorrentes diretos para a vaga. Edu Dracena também é considerado titular do elenco de Felipão.

Comentários

comentários