O jogador Mayke, da SE Palmeiras, disputa bola com o jogador Rony, do C Atlético Paranaense, durante partida valida pela vigésima terceira rodada, do Campeonato Brasileiro, Série A, na Arena Allianz Parque.


O Departamento Jurídico do Palmeiras trabalhou duro entre ontem e hoje e conseguiu uma liminar, um efeito suspensivo que liberou os laterais Mayke e Diogo Barbosa para jogarem no domingo, contra o Grêmio, no Pacaembu.

Nesta quinta, na sede do STJD, no Rio de Janeiro, os jogadores palmeirenses foram punidos com dois jogos de suspensão pela briga generalizada na decisão da vaga na final da Copa do Brasil contra o Cruzeiro. Mayke levou soco de Sassá, e o cruzeirense pegou a pena mais pesada: seis partidas.

Rodrigo Raposo, presidente da Mesa, queria aplicar perda de mando de campo para o Palmeiras após briga entre a torcida e a Polícia local, mas acabou cedendo e aplicou multa de R$ 50 mil.

O técnico Felipão encerra a preparação neste sábado e a escalação só será divulgada momentos antes da partida.

Comentários

comentários