O Palmeiras disputa o Brasileiro e a Libertadores com chances de título em ambas as competições. No Nacional ocupa a primeira posição com 59 pontos. No torneio continental disputará uma das vagas na decisão contra o Boca Juniors.

Além dessas decisões em campo, o clube passará por eleição presidencial em novembro. Maurício Galiotte tentará a reeleição e terá Genaro Marino como adversário direto à cadeira maior do Palmeiras.

A chapa e Galiotte tem Paulo Roberto Buosi, Decio Perin, Alexandre Zanotta e José Eduardo Luz Caliari como vices. Já Genaro optou por José Carlos Tomaselli, Ricardo Galassi, Luis Fronterotta e Guilherme Pereira.

Nesta segunda, ambas as chapas foram aprovadas pelo filtro do Conselho Deliberativo. Portanto, Genaro e Galiotte disputarão as eleições.

Comentários

comentários