Quem não lembra dessa cena? O ano era 2009 e o jogo era contra o Grêmio em Porto Alegre. O Palmeiras ainda tinha chances de levantar o caneco. O então zagueiro Maurício discutiu com o atacante Obina e briga generalizada aconteceu na saída para os vestiários. Ambos acabaram expulsos e prejudicaram a equipe.

Pivô da confusão, Maurício, que é cria da base do Palmeiras, confirmou sua rescisão com a Lazio. O atleta está disponível no mercado e já disse no passado que tem o sonho de voltar ao Palmeiras.

Recheado de bons zagueiros, o retorno do defensor é muito improvável. O nome dele nem é citado nas conversas sobre planejamento para as próximas temporadas.

Visualizar esta foto no Instagram.

Toda despedida é sempre muito difícil. Não é fácil deixar para trás uma história construída com muito amor e dedicação. Assim foi a minha passagem pela Lazio. Encerrei meu ciclo no clube, após quatro anos, na última semana. Uma passagem marcada por Momentos Feliz e Difíceis. Poucos atletas têm o privilégio de vestir a camisa de um gigante do futebol mundial como a Lazio. Poucos. Os que têm essa honra precisam aproveitar ao máximo cada segundo no clube. Sou muito grato a todos do clube por esses anos na Itália. Sou grato, principalmente, ao torcedor, que sempre me deu carinho em todos os encontros com eles. Sentirei muitas saudades de tudo: do país, da torcida e dos funcionários da Lazio. Nunca deixei de honrar essa camisa! Em todos os jogos e treinos procurei dar o meu melhor. Deixo o clube de cabeça erguida e ciente de que tentei fazer o melhor sempre. Estarei na torcida pelo clube de longe! Grande abraço, Maurício 33 ⚽️🇮🇹#Grazie

Uma publicação compartilhada por Mauricio Santos (@mausantos33) em

Comentários

comentários