Campeão Paulista 1944

Feitiço vira contra feiticeiro, e Palmeiras cala rival traiçoeiro

Dada a preocupação dos dirigentes alviverdes com o vice-campeonato estadual obtido no ano anterior, o Palmeiras ingressou na disputa do Campeonato Paulista de 1944 reforçado pelo zagueiro Osvaldo (do Rio de Janeiro) e pelo ponta Jorginho (da Bahia). Contratações que se mostraram importantes para a equipe fazer frente ao forte campeão São Paulo do craque Leônidas da Silva e retomar a hegemonia do futebol paulista.

Não somente com o poderio dentro das quatro linhas, entretanto, contava o rival tricolor. Influentes nos bastidores do futebol, seus dirigentes tanto pressionaram os “cartolas” da Federação Paulista de Futebol, que conseguiram afastar o centro-médio esmeraldino Dacunto de importante Choque-Rei que seria jogado a poucas rodadas do final do campeonato. Impotente para lutar por seus direitos no “tapetão”, restou ao Palmeiras substituir o jogador suspenso por Valdemar Fiúme. Aquele que um dia seria reverenciado pelos fãs como o “Pai da bola”, tamanho o gigantismo de seu futebol.

A artimanha tricolor, todavia, pareceu despertar a ira dos deuses do futebol, que se encarregaram de fazer o feitiço virar contra o feiticeiro. Fiúme foi o principal nome do confronto e o grande responsável pela bela vitória por 3 a 1 contra o traiçoeiro São Paulo, no Pacaembu, que acabou impulsionando ainda mais o Verdão a caminhar firmemente rumo ao título. A massa palmeirense, satírica ao extremo, não perdoou os rivais perniciosos e tratou de parodiar famosa marchinha de carnaval da época que dizia: “Com pandeiro ou sem pandeiro/Eu brinco”. Sua versão, “Com Dacunto ou sem Dacunto/Eu ganho”, espalhou-se pelas dependências do estádio do Pacaembu e ganhou as ruas da cidade, para desespero dos sacripantas de plantão!

Regulamento
FPF: Todos contra todos, em dois turnos, com pontos corridos.

Campanha
Pontos: 32 | Jogos: 20 | Vitórias: 15 | Empates: 02 | Derrotas: 03 | Gols pró: 50 | Gols contra: 19 | Saldo: 31

Jogos do campeão
1º Turno
2 x 2 Ypiranga
0 x 1 Portuguesa Santista
2 x 1 Santos
2 x 0 Jabaquara
3 x 1 Comercial
4 x 1 Corinthians
3 x 3 São Paulo
2 x 0 S. P. Railway
5 x 1 Portuguesa
2 x 0 Juventus

2º Turno
3 x 1 Portuguesa Santista
0 x 1 Ypiranga
3 x 0 S. P. Railway
1 x 0 Portuguesa
5 x 1 Comercial
1 x 2 Corinthians
6 x 3 Juventus
3 x 1 São Paulo
2 x 0 Jabaquara
1 x 0 Santos

Jogo do título
Santos 0 x 1 Palmeiras

Local: Vila Belmiro
Data: 08/10/44
Árbitro: João Etzel
Renda: Cr$ 76.026,00
Santos: Joel; Jaú e Gradim; Nenê, Albertinho e Antero; Cláudio, Antoninho, Otacílio, Eunápio e Motinha.
Palmeiras: Oberdan; Caieira e Osvaldo; Og, Dacunto e Gengo; Gonzales, Villadoniga, Caxambu, Lima e Jorginho. Técnico: Ventura Cambon.
Gol: Gonzales, aos 16 min do segundo tempo.

1944