Palmeiras abre o placar, mas Boca consegue empate no Allianz Parque

0
3296


O Palmeiras começou o jogo com escalação diferente. O técnico Roger Machado tirou Willian e colocou Keno, além da entrada do lateral Diogo Barbosa no lugar de Victor Luiz. O Verdão saiu na frente com Keno, mas Tevez empatou o jogo.

Primeiro tempo
Aos 4 minutos, Keno viu Dudu passando pela direita e cruzou. Por ter menor estatura, o atacante não conseguiu acertar boa cabeçada.

O Boca Juniors fechou os espaços do Palmeiras, tanto pelos lados quanto pelo meio. Se defendendo, conseguiu chegar algumas vezes no contra-ataque. Em uma delas exigiu atenção de Jaílson.

Felipe Melo recebeu amarelo após deixar o corpo no adversário. O juiz não pensou duas vezes e decidiu amarelar. Pouco depois, em novo lance, o volante palmeirense foi advertido pela arbitragem.

Aos 22, Dudu disputou bola com Fabra dentro da área e foi derrubado. Juiz não marcou nada e torcida ficou no protesto.

Aos 29, Lucas Lima viu Dudu, que passou para Diogo Barbosa. O lateral invadiu a área e cruzou forte, mas ninguém chegou.

Aos 45, Dudu viu Lucas Lima passar pela direita e tocou. O meia mandou para o gol, devagar, e errou o alvo. Foi a melhor chance do Verdão no primeiro tempo.

O resumo do primeiro tempo: time de Roger Machado entrou disperso e errou muitos passes. As melhores chances partiram de Dudu, mas sem ameaça ao gol adversário. O time pareceu nervoso em campo, irritado e sem concentração.

Segundo tempo
Roger optou por não fazer alterações. O Palmeiras voltou com o mesmo time da primeira etapa.

Aos 4 minutos, após boa troca de passes perto da área do Boca, Dudu tentou o canto e errou. Primeira chance da segunda etapa foi do Verdão.

Aos 12 minutos, Machado tirou Borja e colocou Willian para dar mais força e velocidade no ataque.

Aos 23, Lucas Lima deixou o campo para a entrada de Moisés. O meia não estava bem na partida.

Aos 24, Willian teve uma grande chance, mas chutou forte e por cima do gol do Boca.

A entrada de Moisés fez com que o setor criativo melhorasse um pouco, mas nada substancial. O time encontrou sérias dificuldades para chegar ao gol dos argentinos que, em certas oportunidades, fizeram muita cera.

Aos 32, Bruno Henrique deixou o campo e Alejandro Guerra entrou para dar mais qualidade ao meio. Roger entendeu que tinha que jogar mais aberto restando quase 15 minutos para o fim da partida.

Aos 37, Keno passou por dois marcadores, fintou o terceiro e tocou para trás. Willian tentou chegar, a bola desviou e foi para escanteio.

Jogador do Boca fura e Guerra encontra Dudu dentro da área. Após belo passe, o palmeirense mandou para as redes e marcou o gol palmeirense: 1 a 0.

Porém a alegria não durou muito. Tevez aproveitou bobeada e Antônio Carlos e empatou, colocando números finais na partida.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 1 x 1 BOCA JUNIORES

Local: Allianz Parque, São Paulo (SP)
Data: 11 de abril de 2018, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Andrés Cunha (URU)
Assistentes: Nicolas Taran (URU) e Mauricio Espinosa (URU)
Renda: R$ 4.426.402,50
Público: 37.192 pagantes
Cartões amarelos: Felipe Melo e Keno (PAL); Magallan (BOC)

GOLS
PALMEIRAS: Keno, aos 44 minutos do segundo tempo
BOCA JUNIORS: Tevez, aos 46 da etapa final

PALMEIRAS: Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Thiago Martins e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique (Guerra) e Lucas Lima (Moisés); Dudu, Keno e Borja (Willian)
Técnico: Roger Machado

BOCA JUNIORS: Rossi; Jara, Goltz (Vergini), Magallán e Fabra; Reynoso (Buffarini), Barrios e Perez; Pavon, Abila e Cardona (Tevez)
Técnico: Guillermo Schelotto

Comentários

comentários