Palmeiras busca superar Derby e estrear bem na Liberta em Barranquilla

0
401


O Palmeiras começará a disputar sua 18ª edição de Copa Libertadores nesta quinta-feira e, pela primeira vez na história, a estreia acontecerá contra uma equipe colombiana. Contra o Junior Barranquilla, às 21h (de Brasília), na Colômbia, o Verdão tentará superar a má fase e a derrota no Derby do final de semana, diante de uma equipe bem armada e com bons destaques individuais.

Está mais do que comprovado que o Derby não é um jogo qualquer e a derrota do Palmeiras no clássico de sábado, em Itaquera, fez com que o grupo de jogadores se reunisse para discutir o que causou a derrota e a má atuação diante do maior rival. Com a competição mais importante do ano pela frente, os palmeirenses sabem que precisarão mudar sua postura para voltar a vencer após três jogos.

“É algo mágico jogar Libertadores. A gente que cresceu amando futebol sempre imagina situações como essa, ainda mais em um clube como o Palmeiras, tradicional, campeão. É a realização de um sonho, e até por isso temos que procurar dar um algo a mais, não desistir em momento algum. Pela conversa que tivemos ontem, vai ser dessa forma que vamos entrar em campo. Cada um querendo ajudar o companheiro nesse sonho que é jogar e conquistar uma Libertadores. Que a gente possa colocar em prática o que foi falado”, afirmou o meia Moisés.

A partida acontecerá no Estádio Metropolitano Roberto Meléndez, casa oficial da Seleção Colombiana. Com capacidade para 50 mil pessoas, os alviverdes já sabem que o local estará lotado e a pressão será grande.

“As minhas recordações como atleta me dão ferem-nas para informar e municiar os jogadores sobre o ambiente que vamos enfrentar. Não que seja um ambiente hostil, mas é de um torcedor apaixonado, assim como o nosso, e que vai incentivar muito a sua equipe e nos pressionar bastante. É um país que vive o futebol com intensidade e é apaixonado assim como a gente, isso faz com que isso se reflita também dentro de campo”, afirmou o técnico Roger Machado.

Para o duelo, a escalação palestrina já está definida e terá mudanças, mas o técnico Roger Machado não quis adiantar quais serão. Titulares no Derby, Michel Bastos, Tchê Tchê, Willian e Dudu são alguns dos que correm rico de iniciar o duelo no banco de reservas. Entre os suplentes, aliás, está garantida a presença de Moisés, que terá a chance de fazer sua segunda partida na temporada.

O Junior Barranquilla conquistou sua vaga na Pré-Libertadores com o título da Copa da Colômbia, no ano passado. Para chegar à fase de grupos, o time colombiano ainda superou o Olimpia e o Guarani.

Embalado na competição pelos quatro jogos já realizados, o Barranquilla fez uma boa campanha em sua última participação em torneios internacionais. Na Copa Sul-Americana de 2017, foi eliminado nas semifinais pelo Flamengo, mas a equipe colombiana mudou muito desde então.

O ex-técnico Júlio Comesaña foi demitido após quase chegar às vias de fato com alguns jogadores, entre eles Téo Gutierrez. O novo treinador, Alexis Mendoza, arma o Tubarão em um 4-4-2 nas partidas como mandante e aposta principalmente no próprio Téo Gutierrez, além do meia Yimmi Chará e do atacante Jonatan Álvez.

“Jogar na Colômbia é sempre muito difícil, é um lugar que tem uma cultura de futebol que se assemelha à nossa, que é de um futebol bem jogado, com força apara atacar e rápido. Vemos todas essas virtudes no nosso adversário. Precisamos estar atentos aos detalhes para sair com o resultado positivo. A sede do Barranquilla, assim como a nossa, é muito grande. É uma competição que nós brasileiros, e o Palmeiras, sempre desejamos muito vencer”, completou o treinador alviverde.

Assim como os torcedores brasileiros, o Junior também enxerga o Boca Juniors como uma das equipes mais fortes do grupo. Ao contrário dos alviverdes, porém, os colombianos veem os xeneizes como praticamente garantidos nas oitavas de final, o que torna o duelo contra o Palmeiras mais do que decisivo.

Com cinco rodadas de Campeonato Colombiano já transcorridas – o Junior fez apenas quatro partidas – o Tubarão ocupa a 13ª colocação no torneio nacional, com seis pontos ganhos.

FICHA TÉCNICA
JUNIOR BARRANQUILLA-COL X PALMEIRAS

Local: Estádio Metropolitano Roberto Meléndez, Barranquila (COL)
Data: 1 de março de 2018, quinta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Enrique Caceres
Assistentes: Eduardo Cardozo e Juan Zorrilla

JUNIOR BARRANQUILLA-COL: Sebastian Vera; Piedrahita, Pérez, Arias e Murillo; Rúben Pico, Cantillo, Yony González e Chará; Alvez e Téo Gutierrez
Técnico: Alexis Mendoza

PALMEIRAS: Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Thiago Martins (Thiago Santos) e Michel Bastos (Victor Luis); Felipe Melo; Willian (Scarpa), Tchê Tchê (Moisés), Lucas Lima e Dudu (Keno); Borja
Técnico: Roger Machado

Comentários

comentários