Novo membro do marketing exalta parcerias e ambiente do Palestra

Com o programa de sócio-torcedor Avanti beirando os 130 mil signatários, o Palmeiras segue na missão de reforçar as ações de marketing do clube junto a parceiros, em diversos segmentos, na busca por alçar a marca a estágios mais elevados do mercado. Nesta sexta, o clube oficializou a posse de Roberto Trinas, que atua há 20 anos na área de marketing esportivo, como chefe supremo da área de marketing alviverde.

A parceria com empresas e o apoio da torcida palestrina tem sido uma das marcas da ascensão da marca Palmeiras ao longo do ano. Com a camisa mais valiosa do país em termos de patrocínios, além das rendas polpudas nos jogos do Palestra Itália, as receitas deram um salto neste ano e, daqui para frente, as perspectivas devem ser ainda mais ambiciosas.

“É um momento especial da história do Palmeiras. Um momento de gestão profissional, de valorização da marca e do desenvolvimento de uma série de iniciativas junto aos patrocinadores e à torcida, em especial por meio do programa Avanti, que está próximo dos 130 mil sócios-torcedores. Queremos ser percebidos como provedores de soluções comerciais e trabalhar com parceiras estratégicas em uma perspectiva de longo prazo em diversos segmentos do mercado”, declarou Trinas, no clube desde setembro deste ano.

O novo responsável pelo marketing, formado em engenharia de produção pela UFRJ, Trinas valorizou o potencial do Palestra Itália em termos de estrutura. “É uma casa moderna e com padrão internacional, além de ser uma das arenas mais bonitas do planeta. O engajamento do nosso torcedor também tem sido algo muito emocionante e muito gratificante, já que todos os jogos em casa têm sido verdadeiros espetáculos com média de 30 mil palmeirenses”, falou.

Contando com o suporte do diretor estatutário, Paulo Gregoraci, dos diretores adjuntos de marketing e do gerente de planejamento Renato Lassmann. Roberto Trinas assumirá o controle de um departamento subdividido em sete áreas: Branding, Avanti, Digital, Operações, Canais Próprios, Licenciamentos e Comercial.

Fonte: Gazeta Esportiva